Coimbra  24 de Fevereiro de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Especialista em música sacra Pedrosa Cardoso morre aos 79 anos

9 de Dezembro 2021 Jornal Campeão: Especialista em música sacra Pedrosa Cardoso morre aos 79 anos

O professor aposentado da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (UC) José Maria Pedrosa Cardoso, especialista em música sacra e música histórica portuguesa, morreu aos 79 anos de idade, disse fonte da UC.

Pedrosa Cardoso morreu pelas 22h00 do dia 08 de Dezembro, na Casa de Saúde da Idanha – Instituto das Irmãs Hospitaleiras do Sagrado Coração de Jesus, em Belas, onde estava internado.

Segundo a biografia do académico patente na página do Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical, da Universidade Nova de Lisboa, do qual era membro, Pedrosa Cardoso era natural de Guimarães e formado em Filosofia e Teologia, em Valladolid e Munique.

Estudou Pedagogia e Didática Musical com Edgar Willems e Jos Wuytack, direção coral com Michel Corboz e Pierre Salzmann e fez o curso geral de Piano pelo Conservatório de Música do Porto.

“Foi dos primeiros licenciados em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa e obteve o grau de doutoramento em Ciências Musicais Históricas pela Universidade de Coimbra, onde fez a agregação na mesma área científica”, recorda a biografia.

No final da década de 1980, acumulou a docência na Nova de Lisboa e no Conservatório Nacional com o cargo de assessor de João de Freitas Branco na direção artística e de produção do Teatro Nacional de S. Carlos.

Pedrosa Cardoso entrou para a Faculdade de Letras da UC, em 1992, como assistente convidado, para leccionar a cadeira de História da Música. Aí passou a exercer prioritariamente a docência, mais tarde alargada ao Mestrado em Ciências Musicais e ao Curso de Estudos Artísticos, que veio a dirigir.

Segundo a biografia disponível na Meloteca, Pedrosa Cardoso fundou, em 1970, o Coro Redentorista de Cristo Rei, em Vila Nova de Gaia, e, seis anos depois, o Grupo Coral de Lagos, que dirigiu até 1981.

Pedrosa Cardoso, que se manteve “muito activo mesmo depois da sua aposentação”, foi homenageado pela Câmara Municipal de Lagos, tendo recebido a Medalha de Mérito Municipal, grau ouro, pelos serviços prestados à cidade, no âmbito da cultura musical, durante 40 anos.