Coimbra  28 de Novembro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Escolas de Coimbra querem ser Amigas Das Crianças

16 de Junho 2021 Jornal Campeão: Escolas de Coimbra querem ser Amigas Das Crianças

As escolas do distrito de Coimbra já submeteram 468 projetos à Escola Amiga, cujas candidaturas podem ser feitas até ao final do mês de Junho.

Esta iniciativa pretende estimular as comunidades educativas a olhar de forma renovada e inspirada para os aspectos essenciais do desenvolvimento dos alunos.

“Os projectos apresentados são o reflexo de uma vida interior em cada escola. Mostram como os professores e alunos se envolvem em novas descobertas, em novos planos, conhecendo novas realidades e novas pessoas. Estes projectos abrem novas áreas a explorar pelas escolas porque permitem ir além do que é a matéria ensinada em aula, favorecem as actividades fora da sala de aula, incentivam o cruzamento entre diferentes disciplinas e motivam os alunos, levando-os a um maior envolvimento e a uma participação mais activa”, refere a Escolas Amiga das Crianças.

A iniciativa é da Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP), da LeYa e do Psicólogo Eduardo Sá e procura projectos nas áreas de: alimentação e estilo de vida saudável; cidadania e Inclusão; digital; envolvimento da família; espaço escolar; escola em casa; sustentabilidade; múltiplas literacias (esta novidade visa estimular a realização de projectos que combatam as várias iliteracias: literária, digital e/ou financeira entre outras).

Todas as escolas podem candidatar-se no site oficial da iniciativa (https://escolaamiga.pt/) e os projectos serão posteriormente analisados por um júri. O projecto vencedor ganha cinco mil euros em livros LeYa. A Escola Amiga premeia o projecto vencedor de cada categoria, no total de oito categorias, com mil euros em livros LeYa, uma oferta para a biblioteca da Escola. Existirão, à semelhança das edições anteriores, alguns prémios adicionais por categoria.

A 4.ª edição da Escola Amiga conta com o apoio da Católica Porto Business School, Faculdade de Educação e Psicologia – Universidade Católica Portuguesa, Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Fábrica Centro Ciência Viva, Universidade de Aveiro, Ciência Viva, The Inventors, Fundação Altice, Associação ACEGIS, Ekui, Academia Ponto Verde, Associação Mutualista Montepio, Maped, Clube de LeYtura e REN.

Esta nova edição conta com o apoio institucional do Ministério da Economia e da Transição Digital, do Ministério da Saúde e do Serviço Nacional de Saúde, do Ministério do Mar e do Ministério do Ambiente e da Acção Climática.