Coimbra  5 de Dezembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra conquista prémios Eco-Escolas 

21 de Julho 2020 Jornal Campeão: Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra conquista prémios Eco-Escolas 

O Bio Garden e o Hotel de Insectos da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra estão entre os premiados no programa Hortas Bio nas Eco-Escolas, que este ano contou com a participação de mais de 300 hortas a nível nacional.

Após avaliação do júri, o Bio Garden foi distinguido com uma menção honrosa e o Hotel de Insectos conquistou o 3.º lugar, resgatando assim dois prémios para a região de Coimbra.

A gestão e manutenção dos dois projectos é da responsabilidade da Brigada Verde da Escola, em estreita articulação com as bio coordenadoras Carla Marques e Isabel Lamy, promovendo-se a permacultura de uma diversidade de ervas aromáticas e frutos como a maçã, a tangerina, o pêssego, o morango e o maracujá.

Lançado no ano lectivo 2012/2013, o Projecto Hortas Bio pretende estimular o aproveitamento dos espaços exteriores das escolas para a realização de hortas escolares, seguindo os princípios da Agricultura Biológica. A iniciativa não só contribui para alertar para a necessidade de uma alimentação mais saudável e a favor de uma exploração do solo sustentável, como permite uma abordagem pedagógica que integra toda a cadeia de uma diversidade de produtos locais e da época que podem ser utilizados, no caso específico da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra, no âmbito dos módulos da área de cozinha e bar, designadamente através da respectiva integração no receituário e criações de Bar.

Em 2019/2020 este concurso, que consiste na apresentação das hortas biológicas divididas nas categorias horta pequena (até 50 metros quadrados) e horta grande (superior a 50 metros quadrados), lançou ainda os desafios Hotel de Insectos (que valeu o 3.º lugar para o da Escola de Hotelaria e Turismo de Coimbra) e Espiral de Ervas Aromáticas.

Com a interrupção das aulas presenciais e consecutivo encerramento das escolas, foram ainda lançados os desafios “Horta Bio… em casa e Insectos na Horta”, o que contribuiu para o elevado número de inscrições no projecto, que este ano contabilizou 985 escolas inscritas e um total de 962 trabalhos apresentados.