Coimbra  5 de Julho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Escola de Enfermagem coopera com Vietname e Bangladesh

6 de Fevereiro 2020 Jornal Campeão: Escola de Enfermagem coopera com Vietname e Bangladesh

Representantes das instituições do Vietname e Bangladesh, beneficiárias directas do projecto

 

A Escola Superior de Enfermagem de Coimbra (ESEnfC) está a liderar um projecto que tem como objectivo capacitar estudantes do Vietname e do Bangladesh para o uso das tecnologias no acompanhamento de doentes portadores de doença crónica.

DigiCare – Educating students for digitalized health care and coaching of their patients, assim se chama o projecto que conta com a coordenação da Universidade de Ciências Aplicadas de Tampere, na Finlândia.

O objectivo é criar um modelo educativo que consistirá num conjunto de “instrumentos, ferramentas, estratégias pedagógicas e competências”, susceptíveis de “capacitar estudantes de enfermagem, professores e profissionais a acompanharem à distância doentes portadores de doenças crónicas”, explicou Pedro Parreira, investigador da ESEnfC e da Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem (UICISA: E), onde está, também, integrado este projecto.

São beneficiárias directas do DigiCare três instituições do Vietname (Hanoi Medical University; Hanoi Medical College; e Nam Dinh University of Nursing) e outras três do Bangladesh (City Medical College & Hospital, Khulna City Medical College & Hospital e Universal Medical College and Hospital).

Pedro Parreira refere, ainda, que um objectivo paralelo do projecto DigiCare consistirá em “aumentar a satisfação dos pacientes, usando as tecnologias da digitalização como parte do seu tratamento”, encurtando tempos de resposta e evitando inconvenientes da ida a uma consulta.

Co-financiado pelo programa Erasmus +, este trabalho deverá estar em vigor até 2022, contando com a participação de Pedro Parreira, Anabela Salgueiro-Oliveira, João Graveto, Paulo Costa e Beatriz Serambeque, pela instituição portuguesa.