Coimbra  7 de Março de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Empreitada de requalificação do centro histórico da Mealhada está no terreno

23 de Dezembro 2020 Jornal Campeão: Empreitada de requalificação do centro histórico da Mealhada está no terreno

A requalificação Urbanística do centro Histórico da Mealhada foi consignada no passado dia 16, pelo que as obras deverão passar para o terreno em breve. A intervenção, que custará 1 320 euros, demorará 18 meses, mas será feita de forma faseada para garantir a circulação de trânsito, diminuindo os transtornos a moradores.

A intervenção irá requalificar as ruas Visconde Valdoeiro, Dr. Cerveira Lebre, Capitão Cabral e Dr. Luís Navega. O cronograma de trabalhos prevê o início da empreitada na rua Dr. Cerveira Lebre, da zona dos CTT em direcção a Sul, estendendo-se, depois, a toda a Visconde Valdoeiro (passando também junto à entrada principal do Centro Escolar da Mealhada). Esta intervenção durará cerca de um ano.

A segunda fase da obra, que durará cerca de seis meses, incidirá sobre as ruas Capitão Cabral e, posteriormente, Dr. Luís Navega, desde a Estação de Caminhos de Ferro da Mealhada à rotunda do Cineteatro Messias.

Os trabalhos a executar incluem trabalhos de demolições, de pavimentos, arruamentos e passeios, de marcas rodoviárias horizontais e verticais, de abastecimento de água e de drenagem de águas pluviais e residuais.

Paralelamente, está também a avançar “Requalificação do vazio urbano com parque de estacionamento no centro histórico da Mealhada”, uma obra que vai decorrer na zona Sul da urbanização do Choupal, e que permitirá a ligação entre a Avenida Manuel Lousada, a Rua Branquinho de Carvalho, a Rua das Oliveiras e a Rua 27 de Setembro. Até Setembro de 2021, o trânsito automóvel e circulação pedonal estarão interditos na rua situada entre a Branquinho de Carvalho e a Eduardo Alves Matos e o acesso à Rua das Oliveiras será feito pela Avenida 25 de Abril.

Esta intervenção permitirá uma melhoria significativa no tráfego, bem como a criação de um parque de estacionamento no centro histórico da cidade.  Esta obra ultrapassa os 676 000 euros e o prazo de execução é de dez meses.

Ambas as obras fazem parte do Plano de Acção de Regeneração Urbana da Mealhada (PARU).

Rui Marqueiro, presidente da Câmara da Mealhada, sublinhou que o PARU é um projecto fundamental para o reequilíbrio da cidade e a melhoria do espaço público. “Foi feita uma requalificação do espaço central da Mealhada e, com esta obra, procuramos requalificar outros espaços que fazem também parte do centro da cidade no sentido de a tornarmos mais apetecível, potenciar o comércio e criar melhores espaços de circulação para peões e automóveis”. “É um projecto no qual temos trabalhado há largos meses e que começa agora a chegar à fase que todos queremos, que é a de obra”, sublinhou o autarca, apelando à compreensão dos munícipes face aos inevitáveis transtornos causados pelos trabalhos.

 

  • FASE 1 – Ruas Visconde Valdoeiro e Troço da Rua Cerveira Lebre
    • SUB-FASE 1 – Rua Dr. José Cerveira Lebre
    • SUB-FASE 2 – Rua Visconde Valdoeiro, entre a Avª Dr. Luís C. Navega, e a Trav. Dr. Luís C. Navega

SUB-FASE 3 – Rua Visconde Valdoeiro, entre a Av.ª Dr. Manuel Lousada e a Trav. Dr. Luís C. Navega

 

  • FASE 2 – Ruas Capitão Cabral e Dr. Luís Navega
    • SUB-FASE 1 – Rua Capitão Cabral
    • SUB-FASE 2 – Av.ª Dr. Luís Correia Navega