Coimbra  27 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

EDP Distribuição atingiu melhor resultado de sempre na qualidade de serviço em 2019

9 de Outubro 2020 Jornal Campeão: EDP Distribuição atingiu melhor resultado de sempre na qualidade de serviço em 2019

A EDP Distribuição obteve, em 2019, o melhor resultado de sempre em termos de qualidade de serviço de distribuição de energia eléctrica, confirmou, agora, a empresa.

O Tempo de Interrupção Equivalente da Potência Instalada em Média Tensão, o indicador mais representativo da qualidade de serviço foi de 49 minutos, no ano anterior, excluindo o impacto de eventos excepcionais. Assim, a empresa registou uma melhoria de 15 por cento face a 2018.

Nos restantes indicadores, nomeadamente nos relativos ao número e duração das interrupções, a EDP Distribuição confirmou, também, a sua evolução positiva.

Para a empresa, “esta melhoria generalizada reflecte o bom desempenho na consolidação da melhoria da qualidade de serviço técnico na distribuição de energia eléctrica, alcançada nos últimos anos, garantindo simultaneamente a redução de assimetrias entre as diversas regiões do país”.

O recente Relatório de Qualidade de Serviço Técnico de 2019 publicado pela ERSE evidencia como extraordinários os eventos atmosféricos ocorridos durante o ano (Helena, Esla e Fabien), “onde ficou evidente a capacidade de resposta das equipas da EDP Distribuição”.

“A marca alcançada resulta de uma correcta política de investimento e manutenção na rede eléctrica nacional, tendo como eixos principais o aumento da resiliência da rede, a renovação e reabilitação dos activos, a automação e digitalização na gestão da rede, a par de medidas de optimização nas operações, nomeadamente em situações de crise”, disse a empresa.

Esta mesma estratégia serviu de base à recente proposta da EDP Distribuição para o Plano de Desenvolvimento e Investimento da Rede Nacional de Distribuição de electricidade para o período 2021-2025 (PDIRD-E 2020), no qual a empresa propõe um investimento de mais de mil milhões de euros na rede eléctrica.