Coimbra  18 de Julho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Economia do Mar junta Figueira da Foz e Escola de Negócios de Coimbra

27 de Março 2018

O estudo de propostas inovadoras na economia do mar e a divulgação de oferta formativa nessa área resultaram num protocolo hoje assinado entre a Câmara da Figueira da Foz e a Escola de Negócios de Coimbra.

Na sessão, João Ataíde, presidente da Câmara da Figueira da Foz, lembrou que a necessidade de colocar conhecimento e inovação ao serviço da economia do mar está vertida no plano estratégico daquele município do litoral do distrito de Coimbra e considerou que “este é o momento certo” para o protocolo de colaboração.

“O grande objectivo é o de que um pólo de ensino superior se instale na nossa cidade e dê continuidade ao ensino secundário na formação escolar. Mas esse dia chegará”, frisou o presidente da Câmara.

João Ataíde concordou com o presidente do Instituto Superior de Contabilidade e Administração – Escola de Negócios de Coimbra, Manuel Castelo Branco – quando este, na sessão de hoje, afirmou que o caminho do desenvolvimento da oferta formativa e do estabelecimento de parcerias “faz-se caminhando” – acrescentando que, muitas vezes, “o caminho dos prós e contras demora muito”. “Estamos a dar passos curtos, mas esperamos que sejam passos consolidados”, acrescentou.

No final de 2017, o ISCAC/Escola de Negócios de Coimbra formalizou a constituição da Escola do Mar da Figueira da Foz, que vai funcionar na Casa dos Pescadores de Buarcos em parceria com a Misericórdia – Obra da Figueira, com uma oferta formativa de cursos de pós-graduação e técnicos especializados a iniciar em 2018.

Em anexo ao protocolo hoje celebrado, a autarquia da Figueira da Foz anunciou a concessão de 10 bolsas de estudo a jovens do concelho na segunda edição do curso breve de especialização em gestão, eficiência e rentabilidade no turismo, lazer e desportos náuticos, promovido pelo ISCAC.

No âmbito do protocolo de hoje, os trabalhadores do mapa de pessoal do município da Figueira da Foz terão uma redução de 20 por cento nos custos de cursos não conferentes de grau da Escola de Negócios de Coimbra – pós-graduações, cursos breves, seminários e conferências – facilidade justificada à agência Lusa por João Ataíde com “a necessidade de formar e qualificar funcionários camarários”.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com