Coimbra  24 de Fevereiro de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Duas famílias de Penalva de Alva recebem habitações sociais como “prenda de Natal”

25 de Dezembro 2023 Jornal Campeão: Duas famílias de Penalva de Alva recebem habitações sociais como “prenda de Natal”

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo, e o presidente da União de Freguesias de Penalva de Alva e São Sebastião da Feira, Rui Coelho, entregaram as chaves de duas habitações sociais a duas famílias monoparentais em situação de vulnerabilidade económica.

As casas de tipologia T2, que são estreadas precisamente na quadra natalícia, resultam da recuperação de duas ruínas que se encontravam no centro daquela aldeia ribeirinha e representam um investimento realizado por aquela União de Freguesias (UF) na ordem dos 200 mil euros.

O presidente da Câmara congratula-se com este importante investimento na área da habitação social e enaltece a nobreza deste gesto solidário da UF de Penalva de Alva e São Sebastião da Feira, ao proporcionar um Natal verdadeiramente diferente a duas famílias daquela freguesia.

“Está a acontecer Natal em Penalva de Alva! Que belo gesto este da União de Freguesias de Penalva de Alva, proporcionar uma nova vida a duas famílias da freguesia, com a entrega destas duas modernas habilitações sociais”, afirma José Francisco Rolo.

Considerando a iniciativa como um exemplo de humanismo, o presidente da Câmara sustenta que as pessoas são o centro da governação autárquica e a opção por investir na reabilitação de habitações para fixar pessoas na freguesia, está hoje alinhada com a prioridade nacional de investimento em habitação.”

Por sua vez, o autarca que preside aos destinos daquela união de freguesias frisa que sempre se pautou por uma política de grande sensibilidade social e “este é um primeiro passo para resolver alguns problemas de habitação a pessoas com dificuldades, no acesso à habitação”.

“É muito reconfortante estarmos aqui hoje, em vésperas de Natal, a entregar estas habitações a quem realmente precisa, sublinha Rui Coelho, frisando que as duas casas estão totalmente equipadas com mobiliário e electrodomésticos e climatizadas.

Paralelamente à questão social, o presidente daquela UF destaca também a importância da recuperação urbanística, em pleno centro da aldeia, que representou a transformação de duas ruínas em habitações, através do recurso a verbas transferidas anualmente pela Câmara Municipal, no âmbito do Protocolo de Apoio às Freguesias do Concelho.