Coimbra  18 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Droga: Treze detenções abalam rede de cariz familiar

6 de Abril 2018

As 13 pessoas detidas, anteontem, sob suspeita de tráfico de droga, conforme noticiou o “Campeão”, constituíam uma rede de cariz familiar, revelou a PJ através da Directoria do Centro.

Trata-se de sete homens e seis mulheres, todos desempregados, que têm estado a ser inquiridos no Tribunal de Instrução Criminal de Coimbra.

Um indivíduo foi sujeito, ontem de manhã, a primeiro interrogatório judicial de arguido detido, a fim de ser questionado à margem da inquirição a que estão a ser submetidos os outros 12.

Os arguidos detidos têm de ser presentes, no horizonte de 48 horas, a juiz de instrução criminal, cabendo a esta autoridade judiciária sujeitá-los a medida de coacção, compreendida entre prisão preventiva e prestação de caução.

Doze detenções ocorreram em cumprimento de mandados de detenção emitidos pelo DIAP de Coimbra (Ministério Público) e uma foi efectuada em flagrante delito, tendo sido consumadas em Coimbra e nos arredores de Lisboa.

As diligências foram materializadas no âmbito de uma investigação que visa combater o tráfico de “crack” (cocaína solidificada em cristais), heroína e haxixe na região Centro de Portugal.

De acordo com a Polícia Judiciária, trata-se de membros de “uma rede bem estruturada e organizada, responsável pelo abastecimento de estupefacientes a um grande número de toxicodependentes e a outros pequenos traficantes em vários locais da cidade de Coimbra”.

No âmbito da investigação, foram apreendidos, entre outros artigos, 602 doses individuais de cocaína, 13 doses individuais de heroína, 260 doses individuais de haxixe / cannabis, cerca de 4 800 euros em numerário, sete automóveis, 47 munições de arma de fogo e equipamento informático, de som e de imagem.

Os detidos possuem idades compreendidas entre 19 e 58 anos.

 

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com