Coimbra  29 de Janeiro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Dois irmãos morrem em acidente com máquina de rastos em Vale de Canas

18 de Dezembro 2019

Dois irmãos, de 26 e 33 anos, que participavam em trabalhos florestais na Mata Nacional de Vale de Canas, em Coimbra, perderam a vida, ao final da tarde de ontem (18), após terem sido “atingidos por uma máquina de rastos”.

Os dois mortos foram confirmados pelo Comando Distrital de Operações de Coimbra (CDOS) à agência Lusa, indicando que o acidente ocorreu por volta das 18h00.

Segundo o “Diário de Coimbra”, o mais velho dos irmãos morreu a tentar salvar o mais novo, que “terá ficado debaixo da máquina, mas ainda com vida”. Romeu Silva, com 33 anos, tentou socorrer o irmão mas acabaria por ficar “entalado entre o tractor e uma árvore”.

O óbito das vítimas foi confirmado ainda no local.

Os dois jovens madeireiros, naturais de Granja, em Figueira de Lorvão (Penacova), e um terceiro elemento que saiu ileso, estavam a trabalhar numa zona de difícil acesso e a grande distância da via pública.

Ainda de acordo com o “Diário”, os dois irmãos tinham assumido a gestão da empresa de comércio de madeiras após a morte do pai, em Setembro.

No terreno estiveram 17 operacionais, entre Bombeiros Sapadores de Coimbra, técnicos do INEM, da Cruz Vermelha Portuguesa e da GNR, apoiados por sete veículos.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com