Coimbra  20 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Doações combatem necessidades dos Hospitais de Coimbra

7 de Maio 2020 Jornal Campeão: Doações combatem necessidades dos Hospitais de Coimbra

As doações ao Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) têm suprimido as necessidades diárias desta estrutura hospitalar no período de pandemia da covid-19, confirmaram, hoje (07), responsáveis da unidade.

“É um movimento de apoio social, individual e colectivo fantástico. A solidariedade do povo português é esmagadora e ainda nos consegue surpreender”, salientaram Marta Bronze e Zita Espírito Santo, do Gabinete de Coordenação das Doações, à agência Lusa.

Segundo Zita Espírito Santo, houve necessidade de o conselho de administração do CHUC criar este gabinete, que inicialmente englobava mais uma administradora hospitalar, porque “o envolvimento da sociedade civil foi de tal forma grande” que “choveram” doações de todas as áreas e regiões de Portugal, e até do estrangeiro, através dos emigrantes.

Desde 19 de Março que o gabinete passou a receber doações de bens alimentares, equipamentos de protecção individual, bens pecuniários, produtos farmacêuticos, equipamentos médico-cirúrgicos e informáticos, serviços e empréstimos, que são alvo de um registo criterioso de entrada.

“As pessoas quiseram doar bens que fossem úteis ao hospital e aos seus profissionais de saúde que estão a trabalhar com doentes covid-19”, salientaram as duas administradoras hospitalares, acrescentando que os profissionais “ajudam os bens a chegar ao sítio certo”.

O CHUC possui vários pólos, pelo que “existe a preocupação de uma distribuição criteriosa”, sublinham Marta Bronze e Zita Espírito Santo.

Entre as ofertas, contam-se cabazes de Páscoa aos profissionais de saúde em serviço no Hospital Geral (Covões), ‘tablets’ para os doentes poderem contactar com os familiares, e serviços, como a desinfecção do interior das viaturas de quem está linha da frente contra a covid-19 e aumento do ‘plafond’ de Internet, bem como empréstimo de viaturas aos hospitais para prestarem cuidados médicos ou de enfermagem ao domicílio.

O gabinete também contabiliza as doações das “costureirinhas” voluntárias que, em casa, produzem botas de protecção e cógulas para o CHUC, que disponibilizam o tecido, de acordo com as características técnicas divulgadas em dois vídeos produzidos para o efeito.

O CHUC tem contado, ainda, com a colaboração da Associação Académica de Coimbra que, durante este mês, promove a campanha “Dar Palmas à Acção”, para angariar fundos para apoiar a criação de um novo Serviço de Medicina Intensiva dedicado ao combate da covid-19.

O presidente do conselho de administração, Fernando Regateiro, destacou a “atenção e carinho com os que os doadores têm vindo a olhar para o CHUC, canalizando doações em volume muito significativo”.

“É muito confortável e gera um sentimento de maior tranquilidade saber que, em determinadas áreas, nomeadamente de equipamentos de protecção, houve uma mobilização extraordinária da sociedade civil e instituições que, sem serem solicitadas, de imediato nos contactavam”, sublinhou.