Coimbra  9 de Dezembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Disparos à entrada de discoteca na Figueira da Foz sem causar feridos

1 de Dezembro 2019

Os clientes de uma discoteca da Figueira da Foz foram surpreendidos, esta manhã (cerca das 07h00), quando saíam do espaço, com um homem que disparou mais de uma dezena de tiros, já no exterior, mas que não provocou vítimas.

O incidente aconteceu à porta da discoteca NB Club, localizada no antigo edifício do Casino Oceano, na chamada zona turística do Bairro Novo.

Segundo a agência Lusa apurou junto de fonte policial, o homem, que terá agido sozinho, parou o carro em frente ao espaço de diversão nocturna (em zona maioritariamente pedonal, mas por onde circulam alguns veículos), saiu do automóvel e disparou vários tiros na direcção do edifício, atingido a porta, em madeira e vidro, e a fachada da discoteca.

De acordo a fonte policial, o autor dos disparos, que tem entre 20 e 30 anos, reside na Figueira da Foz e está referenciado pelas autoridades por outros tipos de crimes, fugiu do local, na viatura, mas, minutos depois, a cerca de 100 metros da discoteca, numa rua adjacente, parou e voltou a disparar, desta vez supostamente para o ar.

Perseguido pela Polícia de Segurança Pública (PSP), o suspeito despistou-se na avenida que atravessa a zona ribeirinha da cidade, e bateu com o carro, que ali ficou imobilizado. Na sequência do acidente, o suspeito terá fugido a pé, estando a ser procurado pelas autoridades.

Junto ao espaço de diversão nocturna, a agência Lusa verificou, ao final da manhã, a existência de 13 marcas de projécteis, na parede exterior, na porta e pelo menos uma no interior da discoteca.

Segundo testemunhos recolhidos no local, o homem terá disparado cerca de 20 tiros, com uma arma que teve de ser recarregada.

As mesmas fontes indicaram que o atirador estaria proibido de entrar na discoteca, por alegadamente ter estado envolvido em desacatos no passado e, desta vez, não chegou a tentar sequer aceder ao espaço, que estava a encerrar, quando o incidente aconteceu.

Esta terá sido a primeira vez que um incidente deste tipo aconteceu naquele espaço de diversão nocturna, localizado ao lado do Casino Figueira, na zona conhecida como Picadeiro, onde existem diversos bares, frequentados maioritariamente por jovens.

A investigação do caso, por envolver armas de fogo, está entregue à Polícia Judiciária que, durante a manhã, esteve na discoteca a recolher indícios.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com