Coimbra  24 de Outubro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Direcção Regional de Cultura do Centro recebe prémio da APOM

30 de Setembro 2021 Jornal Campeão: Direcção Regional de Cultura do Centro recebe prémio da APOM

A Associação Portuguesa de Museologia (APOM) distinguiu a Direcção Regional de Cultura do Centro (DRCC) com o Prémio Instituição.

A cerimónia integrada no programa das Jornadas Europeias do Património terá lugar no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, no sábado, dia 2, às 15h30.

A entrega pública desta distinção contará com a presença da directora Regional de Cultura do Centro, Suzana Menezes, e do presidente da APOM, João Neto.

O Prémio Instituição é atribuído pela APOM, no âmbito da sua missão de promover o conhecimento da museologia e dos domínios científicos e técnicos que a enformam, a organismos, públicos ou privados, que apoiem os museus e as actividades museológicas. Esta distinção surge num momento em que, para além de dinamizar os espaços museológicos que lhe estão afetos, a DRCC colocou em prática um plano de actividades que dota a região de ferramentas de capacitação para que, até 2030, 80% dos museus, dos 77 municípios inscritos na sua área de circunscrição territorial, estejam credenciados na Rede Portuguesa de Museus.

Para além da entrega do prémio, vai decorrer também a inauguração de uma das exposições mais marcantes que a DRCC abre no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha.

“Inês de Castro, a rainha morta e outras personagens desencantadas” é a exposição de António Saint Silvestre que dá vida e cor ao Centro Interpretativo do Mosteiro de Santa Clara-a-Velha. A exposição, presente em Coimbra e na região Centro pela primeira vez, transporta memórias, provocações e questões sobre o mundo em que vivemos. As personagens do artista habitarão a sala de exposições temporárias do Centro Interpretativo e a área de exposição permanente, sugerindo um diálogo inusitado com a história das Clarissas que ali viveram.

António Saint Silvestre irá doar a personagem principal desta exposição, Inês de Castro, a rainha morta, ao Mosteiro de Santa Clara-a-Velha.

A exposição decorre até 10 de Janeiro de 2022.