Coimbra  17 de Fevereiro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Dia Internacional dos Museu celebrado em toda a região

18 de Maio 2018

A efeméride que celebra os museus e os seus acervos internacionalmente assinala-se, hoje, e a região de Coimbra não fica de fora, com grande parte dos espaços museológicos a abrirem as suas portas, gratuitamente, à população.

E se hoje se assinala o Dia Internacional, amanhã é a vez da tradicional ‘Noite dos Museus’, aproveitando alguns equipamentos culturais para mostrarem os seus tesouros ao público de uma outra perspectiva.

Coimbra

Na cidade de Coimbra, o destaque vai para os espaços que integram a ‘Rede de Museus’, que este ano ganhou quatro novos parceiros.

Durante todo o dia, nove museus da cidade vão celebrar este dia com visitas guiadas e actividades diferenciadas, abertas gratuitamente a toda a população.

O tema deste ano do Dia Internacional é “Museus hiperconectados: novas abordagens, novos públicos” e será sob essa temática que se irão desenrolar muitas das actividades. Exibição de filmes, jogos, inaugurações de exposições e, também, diversos momentos musicais são algumas das iniciativas programadas.

O Seminário Maior, a Casa Museu de Elísio de Moura, o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha e a Fundação Inês de Castro (com os jardins históricos da Quinta das Lágrimas) são os quatro novos parceiros desta Rede e vão dar-se a conhecer através de um percurso guiado (limitado a 30 pessoas) pelos quatro equipamentos museológicos, tendo início às 09h30, no Seminário Maior (onde se poderá visitar os aposentos do bispo, a biblioteca antiga, as salas de aula e as igrejas; terminando com um concerto dinamizado pelo organista Paulo Bernardino).

A visita segue, depois, para a Casa Museu de Elísio de Moura; à tarde (14h30) chega ao Mosteiro de Santa Clara-a-Velha para diversas actividades, que incluem os mais pequenos, e, por fim, às 16h30, à Fundação Inês de Castro para uma visita aos jardins da Quinta das Lágrimas.

Ainda hoje, o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha vai ser palco da apresentação do novo ‘Portal Cultura Centro’, desenvolvido no âmbito do Sistema de Apoio à Modernização e Capacitação da Administração Pública – COMPETE 2020, tem como objectivo “qualificar e agilizar os serviços prestados ao cidadão, assim como, comunicar o valioso património cultural afecto à Direcção Regional de Cultura do Centro (DRCC) de um modo fácil e apelativo”, revela a Direcção. O portal é compatível com dispositivos fixos e móveis (smartphones, tablets) garantindo uma navegação fácil para os diferentes utilizadores.

No dia 18 (sexta-feira), o Museu da Ciência promove um concerto para violino; no Museu da Água será inaugurada a exposição “Contra-natura – the Good, the Bad and The Monster”, em parceria com o Centro de Estudos Sociais (CES); na Casa Museu de Bissaya Barreto propor-se-á uma descoberta ao seu espaço e no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha vai ser promovida a inauguração da exposição “Azulejaria Mudéjar”, adaptada ao público daltónico.

Também nesse dia, o Museu Nacional Machado de Castro (MNMC) dinamizará vários jogos interactivos e multissensoriais inspirados nas colecções do museu.

Na Noite dos Museus (sábado), a Universidade de Coimbra abre as portas do Paço das Escolas, onde será possível subir à Torre, o MNMC vai ter visitas dramatizadas ao espaço e a apresentação da peça “A Traição”, pelo grupo de teatro da Liga dos Amigos do museu, e o Museu da Ciência dinamiza observações astronómicas.

Já na Torre de Anto, um grupo de antigos alunos da Escola do Chiado vão tocar Canção de Coimbra com guitarras de Carlos Paredes, numa de várias iniciativas que decorrem durante essa noite pelos museus da cidade.

Noite dos Museus

Durante a noite de amanhã (19), encontram-se abertos e com entradas livres, os diversos espaços museológicos da Câmara Municipal de Coimbra (Museu Municipal, Torre de Almedina e Torre de Anto); a Casa Museu de Bissaya Barreto; o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha; o Museu da Água; o Museu da Ciência da Universidade de Coimbra; o Museu Nacional de Machado de Castro e, também, alguns espaços da UC, como Paço das Escolas, Torre e Palácio Real (a Biblioteca Joanina estará encerrada por questões de segurança).

Embora com horários diferentes, na sua maioria os espaços estarão abertos até às 23h00 ou 24h00, proporcionando a turistas ou conimbrincenses actividades gratuitas e apelativas para se conhecer o património cultural da cidade.

Visita inusitada ao Convento de Santa Clara-a-Nova

“À noite no Convento” é o mote para o espaço museológico celebrar esta data, percorrendo os recantos escondidos do Convento.

“O património partilhado: entre a Regra e a Parada” é o tema desta iniciativa, promovida pela Direcção de História e Cultura Militar, a Associação Apojovi e o Núcleo de Coimbra da Liga dos Combatentes, com apoio da Confraria da Rainha Santa Isabel, da Brigada de Intervenção e de outras entidades.

A actividade terá início pelas 21h00, e contempla uma visita noctura aos espaços do Convento, como a área à guarda do Exército, onde estiveram instalados os extintos Batalhão de Serviço de Saúde e Museu Militar de Coimbra.

Locais que serão percorridos à luz de lanterna, pretendendo-se que “seja mais uma descoberta do que uma visita convencional”, explicam os promotores. A visita será comentada por antigos militares da Liga dos Combatentes (que ocuparam o espaço) e envolve um percurso pelos campos, visionamento da cisterna, entrada pelo torreão norte, dormitórios, refeitório, saída pelo torreão sul e entrada no local do antigo Museu Militar.

Já os espaços do adro, igreja e coro baixo serão comentados por historiadores da arte, destacando-se a análise escultórica do túmulo medieval da Rainha Santa Isabel.

O evento, que é totalmente gratuito, terminará por volta das 23h00, no claustro, com a actuação do Coro Vox Aetherea.

A organização recomenda que os participantes usem calçado para caminhar e levem lanterna.

O Dia Internacional dos Museu foi a oportunidade ideal para “organizar uma visita a um espaço que nunca foi mostrado à cidade, na sua forma integral, e muito menos à noite”, explica Diogo Teixeira Dias, da Direcção de História e Cultura Militar.

Criaremos uma oportunidade de visita para todas as pessoas, e particularmente para que os cidadãos que fizeram a sua inspecção militar no Batalhão de Serviço de Saúde revisitem as suas memórias. Para além disso, o convento já albergou o extinto Museu Militar de Coimbra de um lado, e mantém doutro um espólio de arte sacra e arte religiosa singulares – tudo isto será mostrado na sua visão de conjunto”, adianta Teresa Monteiro, coordenadora do “Roteiro Monástico de Coimbra”.

 

Museu PO.RO.S, em Condeixa-a-Nova

O espaço museológico, que recentemente completou o seu primeiro aniversário, vai estar hoje, de portas abertas, no âmbito da iniciativa “A Europa na Minha Região”, da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), entre as 10h00 e as 19h00.

Hoje, pelas 18h00, o Museu apresenta publicamente o “Vaso Neolítico de Casével”, achado que, após recuperação, se encontrava, desde 1983, ao cuidado do Instituto de Arqueologia de Coimbra, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e que passa agora a integrar as colecções do Museu PO.RO.S. Após a sessão de apresentação, realiza-se uma palestra, intitulada “Vidas de um notável vaso cerâmico: o achado neolítico de Casével”, proferida por Raquel Vilaça, no auditório do Museu PO.RO.S.

Para além disso, e para celebrar a o Dia Internacional dos Museus e, particularmente, a ‘Noite dos Museus’, o equipamento cultural vai promover, amanhã (19), entre as 19h00 e as 23h00, uma festa ‘sunset’, com vista à atracção de novos públicos.

No evento vai participar o DJ Alex G, que abrirá as hostes para a dupla de DJ´s Rich & Mendes, da RFM.

“Seguindo o desafio que nos foi colocado para o Dia Internacional dos Museus deste ano, o de encontrar novas abordagens e novos públicos, decidimos apostar na nova geração, promovendo um evento que responda aos seus interesses, aproximando-os de um contexto museológico que habitualmente é encarado pelos jovens como um local chato e aborrecido. E não tem que ser assim”, justifica Nuno Moita, presidente da Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova.

O programa comemorativo do Dia Internacional do Museus prevê, ainda, entradas gratuitas para visitas ao Museu PO.RO.S, durante o dia de amanhã, entre as 10h00 e as 18h00.

 

Parque Biológico e Espaço da Mente, em Miranda do Corvo

Integrados nesta efeméride estão, ainda, o Parque Biológico da Serra da Lousã, o Espaço da Mente, Museu da Tanoaria, Museu Vivo de Artes e Ofícios Tradicionais e Templo Ecuménico Universalista. entidades geridas pela Fundação ADFP, de Miranda do Corvo.

Durante o dia de hoje, todos os estes espaços poderão ser visitados com o apoio de guias, sendo as próximas visitas às 14h00 e às 16h00.

Já hoje e amanhã (19) à noite, pelas 21h00, abrem-se as portas do Parque Biológico da Serra da Lousã para uma visita guiada nocturna, que integra o Espaço da Mente em mais uma ‘Noite Europeia dos Museus’.

Para inscrição nas visitas noturna e informações deverão contactar parquebiologicoserradalousa@adfp.pt ou 915 361 527.

 

Espaços museológicos da Figueira da Foz

O Dia Internacional dos Museus também se irá assinalar na Figueira da Foz, com o Museu Municipal de Santos Rocha a abrir-se ao público, com uma nova exposição temporária: “Revelações”, do artista plástico sérvio Branislav Mihajlovic.

Já o Núcleo Museológico do Sal apresenta “Aves no Baixo Mondego I / IV – LUZ”, de Pedro Baptista, a primeira de quatro exposições sobre a avifauna do Baixo Mondego, da autoria deste fotógrafo de natureza, vencedor do segundo prémio da categoria fauna do GENERG – Fotógrafo de Natureza do Ano.

Ainda durante o dia de hoje, até às 17h00, as visitas à exposição de Branislav Mihajlovic são direccionadas para escolas do concelho, que poderão, também, participar na actividade pedagógica “Do criador ao público”, que pretende dar a conhecer o “caminho” que uma obra de arte percorre, desde o momento em que é criada até ao momento em que integra uma exposição e é exposta na sala de uma museu.

No Núcleo Museológico do Mar, entre as 10h30 e as 12h00, com o apoio do Centro de Ecologia Funcional da Universidade de Coimbra, Joana Cabral Oliveira dá a “Conhecer a costa rochosa portuguesa através da coleção de conchas marinhas do Núcleo”.

As entradas são totalmente gratuitas.

Já amanhã (19), à noite, a efeméride será celebrada no Museu Municipal Santos Rocha, entre as 21h00 e as 24h00, com o espectáculo multidisciplinar “NU MEIO”, que ironiza a relação de um casal tipicamente português que se refugia no fado e no “maldizer”.
A entrada é gratuita.

 

Oliveira do Hospital

O Museu Municipal de Dr. António Simões Saraiva, em Oliveira do Hospital, tem uma tarde dedicada ao tema deste ano do Dia Internacional dos Museus, “Museus Hiperconectados, Novas Abordagens, Novos Públicos”.
Também amanhã à noite, entre as 21h00 e as 23h00, o espaço estará aberto ao público.
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com