Coimbra  5 de Agosto de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Dia Internacional da Mulher com diversas iniciativas em Coimbra

8 de Março 2017 Jornal Campeão: Dia Internacional da Mulher com diversas iniciativas em Coimbra

As mulheres são as verdadeiras arquitectas da sociedade”- Harriet Beacher Stowe

A efeméride do Dia Internacional da Mulher é celebrada, hoje, um pouco por todo o mundo e Coimbra não é excepção. Em vários espaços da cidade dá-se destaque à mulher e ao seu papel na sociedade.

O dia está a ser especial para todas as mulheres, mas, particularmente, para as doentes do Instituto Português de Oncologia de Coimbra (IPO), que hoje, terão um dia diferente do que estão habituadas.

O objectivo é “fugir à rotina hospitalar e, em pequenos gestos que vão desde a maquilhagem, arranjo do cabelo e outros trabalhos estéticos, valorizar a auto-estima, a confiança e bem-estar da mulher”, revela o IPO.

À semelhança do ano passado, o “Hotel de Doentes” vai ser alvo de mais uma iniciativa comemorativa da efeméride, sempre com o apoio da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC), esperando-se que seja um sucesso.

Este ano, também o Serviço de Cirurgia se quis associar às comemorações e, como tal, irá promover uma sessão de maquilhagem, com oferta de uma flor e um postal alusivo às doentes que se encontram internadas naquela unidade.

Do IPO, as comemorações prolongam-se até ao centro na cidade, no café de Santa Cruz, na “Baixa”, onde o Núcleo Regional do Centro da LPCC irá dinamizar uma sessão de homenagem à mulher, em que serão enunciados os cuidados alimentares recomendados pela Rainha Santa Isabel, padroeira de Coimbra.

“Uma oportunidade renovar o apelo de uma escolha de vida saudável, fundamental para a prevenção do cancro”, revela a Liga.

A iniciativa, que deverá ter início a partir das 16h00, irá contar com a intervenção da professora catedrática da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, Helena Saldanha. Já em 2014, a especialista em nutrição apresentou uma sessão resultante das investigações que, depois de reformada, dedicou à representação do cancro da mama na arte, ao longo da História.

Desta vez, Helena Saldanha alia à investigação histórica que tem desenvolvida ao apelo às escolhas de vida saudáveis, uma mensagem da maior importância “já que se sabe que com a adopção de um estilo de vida saudável, cerca de um terço dos cancros mais comuns poderiam ser evitados”.

Com entrada livre, a palestra e terminará com um momento musical protagonizado pelo Coro ao Centro, um grupo constituído por voluntários e doentes oncológicos que frequentam o Centro de Voluntariado Ocupacional e, ainda, por elementos da direcção do Núcleo Regional do Centro da Liga.

A terminar este dia, e por iniciativa da Associação Orquestra Clássica do Centro em colaboração com o Laboratório de Bioquímica Genética (LBG), vai decorrer um encontro-debate, no Pavilhão Centro de Portugal, pelas 18h15, que pretende assinalar este dia.

Como oradores estarão presentes no evento Catarina Resende de Oliveira, investigadora; Marisa Matias, deputada; Marta Brinca, médica; Cristina Matos, professora; Manuela Grazina, investigadora e responsável pelo LBG; e Polybio Serra e Silva, médico e poeta. A moderação estará a cargo de Jorge Castilho, jornalista.

A entrada é totalmente gratuita.