Coimbra  22 de Julho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Devotos da Rainha Santa vão poder acolher uma das suas relíquias

14 de Janeiro 2019

Uma das relíquias do espólio da Rainha Santa Isabel, concebida especialmente para o 500.º aniversário da sua beatificação, vai poder ser recebida em casa dos devotos da padroeira conimbricense durante este e o próximo ano.
A iniciativa da Confraria da Rainha Santa Isabel pretende celebrar os 750 anos do nascimento de Isabel de Aragão, que se assinalam a 11 de Fevereiro de 2020.
“Pretende-se fazer circular pelos lares dos devotos de Santa Isabel, na diocese de Coimbra, uma das suas relíquias, até às festas da Rainha Santa, em Julho de 2020”, explica a Confraria, adiantando que o início desta digressão está previsto para o próximo dia 11 de Fevereiro.
A partir dessa data, “um ostensório com a relíquia da Rainha Santa Isabel irá percorrer as casas dos devotos que assim o desejarem”, ficando a peça em cada lar “e à veneração dos devotos, durante um dia”.
A “viagem” da relíquia terá início com os membros da Confraria, que se queiram inscrever. A instituição pede, ainda, aos confrades e irmãos que queiram organizar um percurso por vários devotos, na sua paróquia de residência, para contactarem o pároco nesse sentido.
Por toda a diocese de Coimbra, os párocos que desejarem fazer circular a relíquia pelos lares dos seus paroquianos podem, também, dirigir-se à Confraria, a fim de se calendarizar e organizar os diversos percursos.
Apesar de a iniciativa estar pensada para durar até Julho de 2020, a Confraria admite que “se o número de solicitações assim o exigir, o período poderá ser alargado”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com