Coimbra  26 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Detido pela PSP na Figueira da Foz ficou em prisão domiciliária

30 de Janeiro 2020 Jornal Campeão: Detido pela PSP na Figueira da Foz ficou em prisão domiciliária

Um homem, detido na terça-feira (28), pela Polícia de Segurança Pública, na Figueira da Foz, e suspeito de crimes graves, ficou ontem (29) em prisão domiciliária.

A detenção aconteceu depois de o indivíduo, de 32 anos, ter ameaçado funcionários de uma instituição de solidariedade social localizada no centro da cidade, onde “estaria a ameaçar funcionários que, por motivos de segurança, estavam fechados nas instalações”, referiu o Comando da PSP de Coimbra

No local comprovaram que o suspeito “é muito conhecido e temido na cidade da Figueira da Foz, por ser suspeito de vários crimes graves contra pessoas e património, tendo já cumprido pena de prisão”.

O homem está indiciado em vários processos por crimes de roubo, sequestro, extorsão, ameaça com recurso a arma de fogo, tráfico de estupefacientes, ofensas à integridade física e condução sem habilitação legal.

À agência Lusa fonte policial disse que o detido estava em liberdade condicional, condição subjacente ao cumprimento de determinadas medidas, como apresentações periódicas às autoridades, que alegadamente nunca terá cumprido.

Na altura da detenção, o suspeito tinha, ainda, na sua posse cerca de 10 doses de liamba e uma de haxixe e uma quantia indeterminada em dinheiro, cuja origem a PSP “crê estar relacionada com o crime de tráfico de estupefaciente”.

O homem foi, ontem, presente a tribunal, para primeiro interrogatório judicial e determinação de medidas de coacção, tendo ficado sujeito a prisão domiciliária sob vigilância electrónica.