Coimbra  12 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CUF Coimbra com técnica inovadora para o tratamento do cancro da próstata

9 de Março 2021 Jornal Campeão: CUF Coimbra com técnica inovadora para o tratamento do cancro da próstata

O Hospital CUF Coimbra realizou recentemente, uma técnica minimamente invasiva no tratamento do cancro da próstata, utilizando pela primeira vez neste tipo de cirurgia, um novo sistema de imagem, que combina as tecnologias 3D e 4K, permitindo uma maior precisão cirúrgica e uma abordagem muito minuciosa e precisa das estruturas anatómicas a intervencionar, melhorando significativamente a qualidade de vida do doente.

A intervenção cirúrgica realizada, recentemente, no Hospital CUF Coimbra consistiu na remoção total da próstata por laparoscopia – uma técnica cirúrgica minimamente invasiva – com recurso a um novo sistema de imagem que permite uma visualização de alta resolução.

Na cirurgia minimamente invasiva com recurso a tecnologia 3D, os cirurgiões, que dispõem de um ecrã com imagem a três dimensões, utilizam óculos específicos que lhes permite visualizar em profundidade e com maior realismo e precisão a área do corpo que irá ser intervencionada. O sistema utilizado nesta cirurgia “permite uma melhor definição de imagem face aos sistemas utilizados habitualmente, possibilitando uma abordagem muito minuciosa e precisa das estruturas anatómicas”, explica Ricardo Leão, coordenador de Urologia do Hospital CUF Coimbra.

As principais vantagens desta técnica residem no facto de “possibilitar uma cirurgia de grande precisão, com menor probabilidade de complicações ao que corresponde um menor tempo de internamento para o doente. Este sistema de imagem permite, com grande exactidão, a preservação de estruturas que garantem a manutenção das funções urinária e erétil, melhorando significativamente a qualidade de vida do doente”, adianta o especialista.

A equipa de Urologia do Hospital CUF Coimbra, composta por especialistas com elevada diferenciação clínica, tem vindo a privilegiar a abordagem minimamente invasiva para o tratamento cirúrgico de doentes com cancro da próstata, sendo a laparoscopia a terapêutica de eleição, pelo facto de ser menos invasiva e com vantagens significativas para o doente.