Coimbra  24 de Fevereiro de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Credores aprovam insolvência e plano de recuperação da Académica/OAF

19 de Dezembro 2023 Jornal Campeão: Credores aprovam insolvência e plano de recuperação da Académica/OAF

A Assembleia de Credores da Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol (OAF) aprovou a insolvência e o plano de recuperação do clube, disse à agência Lusa o presidente da Direcção.

Segundo Miguel Ribeiro, cerca de 75% dos credores que se reuniram esta terça-feira no Tribunal da Comarca de Montemor-o-Velho deram luz verde à continuidade da actividade da Briosa, que ocupa o primeiro lugar da Série B da Liga 3 de futebol.

“A Académica vai continuar a sua actividade, apesar da litigância de alguns credores que pretendem liquidar o clube”, congratulou-se o dirigente, que apresentou o plano de recuperação em Junho, à semelhança do que já tinha acontecido com a Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (SDUQ).

O presidente do clube adiantou ainda que a Segurança Social não votou por pretender responder por escrito, “embora o valor em dívida não tenha grande expressão”.

O plano da Académica OAF, cuja dívida é de cerca de sete milhões de euros, estabelece um período de 12,5 anos para a sua recuperação.

“A aprovação do plano de recuperação vai de encontro às nossas pretensões de revitalizar o clube, que estava altamente deficitário quando tomámos posse”, salientou Miguel Ribeiro, eleito em Junho de 2022.

Em Junho deste ano, a Direcção da AAC/OAF anunciou o recurso ao pedido de insolvência e plano de recuperação para “garantir o normal funcionamento da instituição”, em virtude dos vários processos judiciais existentes e penhoras ativas, no valor de várias centenas de milhares de euros, referentes a processos que se arrastavam há vários anos.

“A AAC/OAF não tem possibilidade de solver no imediato as obrigações vencidas e vincendas decorrentes desses processos pelo que urge a reestruturação financeira para garantirmos a continuação da vida normal da instituição”, acrescentava a nota.

A equipa da Académica SDUQ desceu na época 2021/2022 à Liga 3, ao fim de 88 épocas consecutivas entre o primeiro e segundo escalões de futebol nacionais.