Coimbra  13 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Covid-19: Sindicato quer subsídio alargado a todos os enfermeiros dos HUC

22 de Abril 2021 Jornal Campeão: Covid-19: Sindicato quer subsídio alargado a todos os enfermeiros dos HUC

O Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (SINDEPOR) saudou hoje o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra por alargar o âmbito do subsídio de risco covid-19, mas defendeu a atribuição desse suplemento a todos os enfermeiros.

“O SINDEPOR congratula-se pelo alargamento do pagamento decidido pelo CHUC [Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra] e exorta os responsáveis pela instituição a pagarem o subsídio covid a todos os enfermeiros”, afirmou o sindicato, em nota de imprensa enviada à agência Lusa.

Segundo o sindicato, a actual opção da administração do CHUC “está a gerar descontentamento entre os enfermeiros que não o vão receber, sendo que vários foram infetados com covid-19 nos serviços”.

O SINDEPOR explica que a lei consagra “o pagamento desta remuneração extra apenas por contacto com pessoas suspeitas”, sendo que os profissionais que estão fora das áreas relacionadas com a covid-19 “estão menos protegidos contra a doença e, por conseguinte, as infecções neste grupo têm registado uma taxa muito elevada”.

O sindicato “defende que o subsídio de risco covid devia ser pago a todos os enfermeiros, desde logo porque nas áreas não covid os riscos de contrair esta doença até podem ser maiores, devido ao facto de os profissionais estarem menos protegidos”, disse o presidente do SINDEPOR, Carlos Ramalho, citado na nota de imprensa.

Carlos Ramalhou salientou também que considera “inaceitável o facto de a atribuição/liquidação do subsídio de risco covid não estar a ser feita de forma homogénea em todo o país, o que provoca entropias entre os profissionais”.

“Basicamente, cada conselho de administração atribui o subsídio da forma que entende”, acrescentou.

O dirigente sindical realçou ainda que vai continuar a lutar, não por um subsídio de risco de cariz extraordinário, “mas antes por um suplemento de remuneração permanente, tendo em contas as características e penosidade da profissão”.