Coimbra  16 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Covid-19: Doentes em cuidados intensivos aumentam na Região Centro

10 de Fevereiro 2021 Jornal Campeão: Covid-19: Doentes em cuidados intensivos aumentam na Região Centro

O número de doentes internados com covid-19 em enfermaria baixou na terça-feira nos Hospitais do Centro, mas registou-se um aumento dos internados em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), informou, hoje, a Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC).

De acordo com o relatório diário, às 23h59 de terça-feira registavam-se 1 138 internados em enfermaria (menos 25 do que na segunda-feira) e 153 em UCI (mais quatro), dos quais 104 ventilados.

Com estes números, a taxa de ocupação nas enfermarias baixou de 85% para 83% e a nas UCI aumentou de 83% para 84%.

Os Hospitais da Região Centro emitiram 93 altas nas enfermarias e duas nas UCI, e registaram 31 óbitos, menos 12 do que na segunda-feira. As admissões hospitalares aumentaram de 86 para 101.

No sector social, privado, militar e Estruturas de Apoio de Retaguarda encontram-se internados 80 doentes com covid-19 (menos três do que no dia anterior), em 123 camas activas.

Segundo a ARSC, as unidades de cuidados intensivos do Centro Hospitalar de Leiria e de Tondela-Viseu são as que registam maior pressão, com 95% de ocupação, seguindo-se a Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda, com 94%. Todas as outras têm uma taxa de ocupação abaixo dos 90%.

No que respeita à taxa de ocupação das enfermarias, já não há nenhuma no limite, mas no Centro Hospitalar e Universitário da Cova da Beira é de 97% e na ULS da Guarda de 95%.