Coimbra  1 de Junho de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Covid-19: Cerca de duas dezenas de profissionais dos CHUC em avaliação

13 de Março 2020 Jornal Campeão: Covid-19: Cerca de duas dezenas de profissionais dos CHUC em avaliação

Cerca de duas dezenas de profissionais do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) estão a ser avaliados após contacto com uma doente infectada com Covid- 19, disse o presidente daquela unidade.

Fernando Regateiro garantiu à agência Lusa que todos os procedimentos estão a ser cumpridos escrupulosamente desde que o teste a essa doente foi positivo.

“A doente entrou com uma patologia pulmonar, já tinha estado no hospital pela mesma situação e não havia qualquer ligação que permitisse perceber que estava infectada. Assim que o teste foi conclusivo, os doentes e os profissionais que estiveram em contacto começaram a ser avaliados”, disse.

Em relação aos profissionais que estiveram em contacto, Regateiro esclareceu que alguns destes trabalhadores estão em casa e que outros estão em casa até à avaliação estar concluída.

Os doentes que estiverem na unidade onde esta doente esteve internada – foi, entretanto, transferida dos Hospitais da Universidade para a Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Geral (Covões) para isolamento e tratamento – e que foram transferidos para outras áreas de especialidade antes de ser conhecido o resultado do teste, estão a ser avaliados. Os que ontem se encontravam internados na unidade mantiveram-se neste espaço em isolamento, para avaliação. Findo este processo, a sala será limpa e esterilizada.

“Seguimos todos os procedimentos, desde a informação à Saúde Pública até ao completo respeito pelas normas das autoridades de saúde”, garantiu o presidente do CHUC.

A situação, reforçou ainda, foi e está a ser acompanhada pelo Serviço de Saúde Ocupacional do CHUC.

Fernando Regateiro disse também que os profissionais que tomaram conta da ocorrência demonstraram sempre grande clareza, lucidez e profissionalismo.

“Fomo-nos preparando ao longo das últimas semanas e estamos em condições de dar resposta robusta, proporcionada e adequada [ao combate à Covid- 19]”, concluiu Regateiro, a propósito do episódio de ontem.

O novo coronavírus responsável pela Covid-19 foi detectado em Dezembro de 2019, na China, e já levou a Organização Mundial de Saúde a declarar a doença como pandemia.