Coimbra  15 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Cordinhã: Vinho e gastronomia voltam a dinamizar a freguesia

2 de Junho 2017

A XIV Feira do Vinho e da Gastronomia da freguesia de Cordinhã está de volta já este fim-de-semana com o habitual programa dedicado ao melhor que se produz e se consome nesta região gandaresa.

A partir de hoje e até domingo (04), apenas os vinhos produzidos na freguesia poderão entrar no certame, que de ano para ano se realiza com o objectivo de “dar a conhecer a qualidade crescente dos néctares locais, cuja qualidade tem vindo a melhorar todos os anos”, afirma Abílio Cadima, presidente da Junta de Freguesia da Cordinhã.

Integrada na Região Demarcada da Bairrada, a Cordinhã, denominada “Capital do Tinto”, tem vindo a atrair cada vez mais visitantes e o largo do Mercado é o ponto de encontro para milhares, que vêm já de vários pontos da região Centro para adquirir os vinhos tintos, brancos e espumantes, seja para consumo próprio ou para comercializar em restaurantes.

Os vinhos, a maioria produzida ainda de forma artesanal, são a principal atracção mas não a única. A gastronomia é outro dos pontos fortes desta zona do país, que tem nas colectividades da freguesia os concretizadores das várias iguarias, de forma a “angariar fundos para as suas iniciativas anuais”, esclarece Abílio Cadima. Desde a lampantana, a calça arregaçada, a sopa de pais e filhos, o carapau do gato ou as pêras bêbedas, nada irá faltar para que os estômagos fiquem satisfeitos. Além disso, no recinto da Feira haverá artesanato, com artesãos da Cordinhã e das freguesias vizinhas, bem como uma exposição de veículos agrícolas e alfaias.

O autarca espera que esta edição seja “melhor e tenha mais visitantes do que as anteriores”, salientando que a Feira se distingue pelos “sabores mais antigos da aldeia de Cordinhã, aproveitando o certame para recriar essas iguarias dos antepassados”. A inovação este ano prende-se com a promoção mais acentuada dos vinhos baga.

A animação ao longo dos três dias será, também, uma constante com a actuação de diversos grupos, na sua maioria da freguesia e do concelho.

O programa tem início já hoje, pelas 19h30, com a inauguração da Feira, seguindo um desfile e actuação da Fanfarra da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Cantanhede, continuando a animação musical pela noite dentro. Amanhã (03), o sector do artesanato e das tasquinhas abre às 18h30, e até às 23h00 está programada uma aula de zumba e diversos espectáculos de música tradicional e popular.

Domingo (04) o dia vai começar cedo, pelas 06h00, com a tradicional “matança do galo” e a 2.ª Grande Corrida do Vinho, às 09h00. As tasquinhas vão abrir pelas 12h00 e a área dedicada ao artesanato às 15h30. Durante toda a tarde haverá actuações de grupos folclóricos, de concertinas, cavaquinhos e, também, a entrega de prémios do concurso de vinhos da colheita de 2016, terminando mais uma edição da Feira do Vinho e da Gastronomia da Cordinhã, pelas 23h00, com o baile de encerramento animado pela banda exclusiva do certame, os “Pimba Ó Vinho”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com