Coimbra  15 de Julho de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Congresso internacional vai debater percurso de Zeca Afonso

24 de Abril 2024 Jornal Campeão: Congresso internacional vai debater percurso de Zeca Afonso

Numa altura em que se assinalam os 50 anos do 25 de Abril foi anunciado que vai ser realizado um congresso internacional com vista a debater a “prática musical” e a “intervenção cívica” do músico Zeca Afonso. A informação é avançada pela Associação José Afonso que espera que esta “seja uma oportunidade, até hoje inédita, de amplo cruzamento de vários saberes sobre o percurso de José Afonso”. O evento está marcado para 26 e 27 de Outubro, no Fórum Municipal Luísa Todi, em Setúbal, localidade onde se encontram sepultados os restos mortais do cantor.

O programa ainda não foi anunciado, porém, são garantidas conferências, exposições, comunicações, concertos e “sessões testemunhais”. É ainda esperada a presença de colaboradores e amigos do cantor. Para além de discutir o percurso do artista, a instituição pretende “estimular a localização e recolha de documentação e material fonográfico relacionado com José Afonso para posterior preservação”. Um dos temas a abordar no congresso é a intervenção política de José Afonso antes e depois do 25 de Abril, mas não só. Haverá espaço para reflectir sobre “o impacto dos anos de Moçambique”, “os aparelhos repressivos”, as “influências culturais e filosóficas” e “a mulher na obra de José Afonso”.

A comissão organizadora do congresso internacional é constituída por responsáveis da Associação José Afonso, do Instituto de História Contemporânea, da Câmara Municipal de Setúbal e do Instituto de Etnomusicologia. José Afonso nasceu em 1929, em Aveiro, e faleceu em 1987, em Setúbal, vítima de esclerose lateral amiotrófica. A sua obra tem estado a ser reeditada, processo que se deverá prolongar pelos próximos dois anos. Até ao momento, foram reeditados o disco de estreia na editora Orfeu, “Cantares do Andarilho” (1968), “Cantigas do Maio” (1971), “Venham Mais Cinco” (1973) e “Com as Minhas Tamanquinhas” (1976).

Cátia Barbosa (Jornalista do “Campeão” no Porto)