Coimbra  25 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Conferência “Ainda há liberdade de imprensa?” assinala Dia Mundial da Imprensa

11 de Abril 2022 Jornal Campeão: Conferência “Ainda há liberdade de imprensa?” assinala Dia Mundial da Imprensa

A Casa da Escrita da Câmara Municipal de Coimbra acolhe, dia 13, às 18h00, uma conferência subordinada ao tema “Ainda há liberdade de imprensa?” para assinalar o Dia Mundial da Imprensa.

O jornalismo e a liberdade de imprensa dão o mote à iniciativa que o município de Coimbra promove e onde os jornalistas Joaquim Vieira, José Manuel Portugal e Eduarda Macário serão os convidados.

Estes intervenientes irão tentar responder a questões pertinentes sobre o jornalismo, mais propriamente sobre a imprensa livre.

Joaquim Vieira é jornalista, ensaísta e documentarista, ocupou cargos directivos no Expresso, na RTP e na revista Grande Reportagem, tendo sido provedor do leitor do Público. Assinou a colecção em dez volumes Portugal Século XX – Crónica em Imagens e dirigiu uma série de 18 fotobiografias de personalidades portuguesas do século XX, nomeadamente Salazar, Marcello Caetano, Almada Negreiros e Joshua Benoliel.

Entre outros livros, assinou títulos como Mário Soares – Uma Vida, Álvaro Cunhal – O Homem e o Mito, A Governanta – D. Maria, Companheira de Salazar, Mocidade Portuguesa – Homens para Um Estado Novo, Só Um Milagre nos Salva, De Abril à Troika – Quatro Décadas de Democracia que Transformaram Portugal, e Francisco Pinto Balsemão – O Patrão dos Media que Foi Primeiro-Ministro.

Foi co-autor de “Os Meus 35 Anos com Salazar, Mataram o Rei!”, “O Regicídio na Imprensa Internacional, República em Portugal!”, “O 5 de Outubro Visto pela Imprensa Internacional, Nas Bocas do Mundo”, “O 25 de Abril e o PREC na Imprensa Internacional e 150 Perguntas & Respostas Essenciais sobre a História de Portugal – de Viriato aos Nossos Dias”. O seu último documentário, estreado em 2018 na RTP2, intitula-se “O Arquitecto de Lisboa”.

José Manuel Portugal é licenciado em Jornalismo. Especialista em Comunicação e Imagem (área Televisão). Quadro Superior da RTP. Ex-director de Informação de todos os canais da RTP.

Já Eduarda Macário é licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Entrou no Diário de Coimbra em Junho de 1987. Foi das primeiras mulheres a entrar para a redacção do periódico e nunca mais abandonou a profissão. Em 1991 mudou-se para o Semanário As Beiras, que, dois anos depois, ajudou a transformar em Diário As Beiras. Começou como responsável pela secção de Região, onde foi subchefe de redacção, chefe de redacção e subdirectora, cargo que ocupou até deixar o jornal.

Mudou-se para Viseu para assumir o cargo de directora-adjunta do Diário de Viseu, onde permanece como jornalista.

A iniciativa tem entrada livre.