Coimbra  19 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Condutor detido por atropelamento mortal acusou álcool e cocaína

4 de Outubro 2019

O condutor que atropelou mortalmente um homem, esta madrugada, em Coimbra, e se pôs em fuga de seguida, foi detido pela PSP, tendo acusado álcool e droga no sangue.

A situação teve início “no decurso de uma operação de visibilidade na zona da ‘Baixa’ da cidade, efectuada por elementos da Esquadra de Intervenção Rápida, quando um condutor de um automóvel, que se encontrava estacionado na rua de Pedro Olaio, ao se aperceber da presença policial, abandonou, de forma suspeita, o local onde se encontrava na direcção da avenida de Fernão de Magalhães”, revela a PSP.

Seguiu-se uma ordem de paragem por parte da Polícia, acto não acatado pelo condutor, pelo que os agentes encetaram uma perseguição à sua viatura, ainda que “sem recurso a sinalização de urgência, para que o seu condutor não se apercebesse da presença policial”.

“Durante a mesma, foi notória a manutenção de uma condução muito agressiva por parte do condutor da viatura em fuga, constatando-se que, quando o veículo seguia no sentido da rotunda da Casa do Sal, fez uma travagem brusca, abrandando momentaneamente a marcha, mas prosseguindo, em acto contínuo”, esclarece a Polícia, sublinhando que, ao chegar ao local onde a viatura em fuga tinha abrandado a marcha, “os elementos policiais avistaram na via, um indivíduo prostrado no solo, com vestígios de sangue, levando a crer que o mesmo tinha sido vítima de atropelamento, pela viatura em fuga”.

Perante os factos, foram, de imediato, accionados todos os meios de socorro à vítima para o local, onde acabou por se declarar o óbito.

Entretanto, mantendo-se os elementos policiais “no encalce da viatura, a perseguição prosseguiu até à sua residência, a qual tendo em conta a sua localização (fora da área da jurisdição da PSP), contou com a colaboração da GNR para a realização das demais diligências policiais, vindo a ser possível, pelas 03h40, interceptar o suspeito junto à sua habitação”, nota a Polícia.

Feitos os habituais testes – de alcoolemia e o exame de rastreio de estupefacientes – no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), o homem acusou uma taxa de álcool no sangue de 1,73 gramas por litro e positivo para cocaína no seu organismo, tendo-lhe sido dada voz de detenção.

“A viatura foi apreendida e rebocada para as instalações policias, para ser sujeita a exames periciais”, afirma a PSP.

A vítima, da qual não se sabe a idade ou naturalidade até ao momento, por se encontrar sem documentos, foi atropelada cerca das 03h15, naquela zona da cidade e fora da passadeira. A PSP está, contudo, a efectuar diligências para a sua identificação.

O detido foi, entretanto, presente à autoridade judicial competente, desconhecendo-se as medidas de coacção aplicadas.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com