Coimbra  26 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Condeixa: Património romano promove-se na FITUR de Madrid

22 de Janeiro 2020 Jornal Campeão: Condeixa: Património romano promove-se na FITUR de Madrid

O Município de Condeixa marca presença na Feira Internacional de Turismo de Madrid (FITUR) com um stand alusivo à herança cultural do império romano, promovendo os seus principais activos turísticos, nomeadamente, o museu PO.RO.S.

A FITUR, uma das mais importantes feiras de turismo, começa hoje e decorre até domingo, no recinto da Feira de Madrid, em Espanha, onde são esperados mais de 142 000 profissionais de todo o mundo e mais de 110 000 visitantes no fim-de-semana aberto ao público.

“A participação do Município de Condeixa na FITUR assume um carácter estratégico. Depois de duas presenças na Bolsa de Turismo de Lisboa, entendemos que era necessário expandir e iniciar uma promoção internacional. Apostámos naquela que é, por estes dias, a capital do turismo da Península Ibérica e da Europa e até domingo estaremos a promover Condeixa onde tudo acontece”, – destaca o presidente da Câmara, Nuno Moita.

Segundo o Município, o autarca encabeça uma equipa de trabalho encarregue das reuniões com os profissionais ligados ao sector presentes na feira e dos contactos com os visitantes, tendo em vista a captação de novos públicos.

O Município de Condeixa apresenta-se na FITUR em stand próprio, com 54 metros quadrados, localizado no pavilhão 4 do recinto, inspirado no ambiente interactivo do Museu PO.RO.S e no legado da romanização, contando com animação permanente através de figuras ligadas ao período romano e da divulgação de um vídeo promocional.

“É uma excelente oportunidade para dar a conhecer e suscitar interesse pelo nosso concelho, em particular pelo Museu PO.RO.S e pelo evento ‘Vislumbre de Um Império’, que é já uma das maiores recriações históricas do país e que acontece habitualmente em Junho”, acrescenta o autarca.

Nuno Moita realça, ainda, que “parece haver um grande consenso sobre o potencial do património romano de que somos detentores sobre o desenvolvimento dos territórios”, porém, lamenta, “é incompreensível que não haja disponibilidade para alocar apoios comunitários a investimentos no eixo da romanização”.

“O país tem que decidir se é ou não importante investir nesta área porque as câmaras municipais, com a amplitude de competências a que têm de atender, não têm capacidade orçamental para ir mais além. Temo-lo feito, mas estamos no limite do orçamento. Parece-nos que o património romano é um vector fundamental de desenvolvimento, mas gostávamos de ver um maior compromisso nacional com esse objectivo”, insiste Nuno Moita.

Aberto ao público em 2017, o PO.RO.S – Portugal Romano em Sicó é um espaço museológico que permite ao visitante “experimentar e interagir com ambientes virtuais da época romana”, ajudando a recriar o modo de vida de Conímbriga, uma dos mais extensos e diversificados sítios arqueológicos romanos em Portugal.

O ‘Vislumbre de Um Império’ é um evento que acontece anualmente no cenário vivo das ruínas de Conímbriga, com a participação de centenas de figurantes que transportam o visitante para o verdadeiro ambiente da época romana. Lutas de gladiadores, cortejo imperial, acampamento de legionários, mercado romano, demonstrações de falcoaria, danças exóticas e trabalho dos artífices ao vivo são as principais atracções do evento.