Coimbra  25 de Novembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Condeixa administra vacina da gripe em casa

6 de Novembro 2020 Jornal Campeão: Condeixa administra vacina da gripe em casa

Condeixa está a levar a casa a vacina contra a gripe à população sénior de mais de 65 anos e com dificuldades de mobilidade, identificadas pela Equipa de Intervenção Directa (EID). O projecto teve início esta quinta-feira (05), com a vacinação de perto de duas dezenas de idosos nas localidades de Serra de Janeanes, Furadouro, Ameixeira e Rebolia.

“A ideia da Câmara teve o bom acolhimento das duas unidades de saúde familiar de Condeixa, que cedem as vacinas, e a parceria dos Bombeiros Voluntários, que disponibilizam uma enfermeira para a sua administração”, afirmou o Município.

“O nosso objectivo é promover a proximidade, reforçar a vacinação da gripe em pessoas que por qualquer motivo têm dificuldades de mobilidade, por razões de saúde ou falta de transporte, e ao mesmo evitar a deslocação dessas ao centro de saúde, minimizando os riscos de contágio de covid-19”, explica Nuno Moita, presidente da autarquia.

Para o edil, este é também um ensaio para o futuro, “quando surgir a esperada vacina contra o novo coronavírus”. “A articulação que agora estamos a ter com outras instituições é importante para depois ser mais fácil implementar um projecto semelhante”, reforça.

A equipa encarregue da vacinação, composta por uma enfermeira e uma assistente social da EID, desloca-se na nova unidade móvel de saúde.

Nas localidades com mais idosos identificados para receber a vacina, e uma vez que não são pessoas acamadas, foi escolhido um local público para a sua administração, como a Serra de Janeanes, onde os pacientes se deslocaram à associação recreativa, cumprindo as normas de segurança que a pandemia impõe.

Este programa de intervenção complementa o desenvolvido pelas unidades de saúde familiar de vacinação ao domicílio de pessoas acamadas.

“Pretendemos agora continuar esta campanha pelo concelho, à medida que a EID vá identificando ou tenha conhecimento da situação de pessoas com dificuldades de mobilidade”, referiu Nuno Moita.

A vacina da gripe no Serviço Nacional de Saúde é gratuita para cidadãos com mais de 65 anos.