Coimbra  21 de Setembro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Comunidade Intermunicipal de Coimbra lança rede de percursos pedestres

1 de Junho 2020 Jornal Campeão: Comunidade Intermunicipal de Coimbra lança rede de percursos pedestres

A Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra lançou uma rede de percursos pedestres ao longo de 700 quilómetros para explorar eixos como os rios Alva, Mondego ou a Serra do Bussaco.

Os chamados Caminhos da Região de Coimbra “permitem a conciliação do conceito de isolamento social com a descoberta e contacto com a natureza”, afirma a Comunidade.

Trata-se de trilhos pedestres com distâncias diferentes que se podem fazer num único dia ou com caminhadas que se estendem por vários dias em cenários de montanha, floresta, praia e urbanos e actividades que vão da observação de aves à gastronomia, passando pelas peregrinações religiosas.

A maior das rotas, com 142 quilómetros, vai de Figueira da Foz a Oliveira do Hospital, passando por Montemor-o-Velho, Coimbra, Penacova e Tábua seguindo o curso do rio Mondego.

A praia da Figueira, a cidade de Coimbra, a montanha a partir de Penacova são os cenários para a Grande Rota do Mondego proposta no roteiro.

As propostas incluem ainda a Grande Rota do Alva, com 77 quilómetros, ou a Grande Rota do Bussaco, com cerca de 56 quilómetros.

Nos Caminhos da Região de Coimbra propõem-se ainda percursos temáticos mais pequenos como observação de aves e uma dedicada aos entusiastas de cogumelos.

Para percursos mais curtos, apontam-se rotas como a da Vinha, que percorre 14 quilómetros ao longo das vinhas de Cantanhede, os 13 quilómetros do Vale do Ceira, no concelho de Góis e mais cerca de três dezenas de percursos que se podem fazer num dia.