Coimbra  25 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coligação PSD/CDS em Montemor-o-Velho propõe 24 medidas excepcionais

4 de Maio 2020 Jornal Campeão: Coligação PSD/CDS em Montemor-o-Velho propõe 24 medidas excepcionais

A necessidade de articular a acção social e educativa da Câmara de Montemor-o-Velho com as Juntas de Freguesia é uma das 24 propostas da coligação PSD/CDS-PP no contexto da covid-19.

Os vereadores Dulce Ferreira, Aurélio Rocha e Alexandre Leal informaram, hoje, que solicitaram ao presidente da autarquia, o socialista Emílio Torrão, a realização de uma reunião extraordinária do Executivo para analisar a situação do concelho face à actual pandemia.

Os eleitos da coligação “Por Montemor tudo e sempre” enviaram a Emílio Torrão um conjunto de 24 medidas “que pretendem que sejam consideradas e discutidas tendo em vista o apoio às famílias, instituições, associações e empresas do concelho”.

Com o fim do estado de emergência “e face ao contexto de retoma gradual que se vive ao nível nacional”, propõem ainda que “seja retomado o funcionamento das reuniões do Executivo municipal, com as reuniões quinzenais a serem realizadas por videoconferência”.

“Este é um momento de excepção que exige medidas também de excepção”, afirma o vereador Alexandre Leal, presidente da Concelhia do PSD de Montemor-o-Velho.

A oposição na Câmara Municipal propôs 24 “medidas excepcionais e temporárias” direccionadas às famílias, instituições, associações e empresas do concelho.

“Importa reforçar o apoio e articulação entre os Serviços de Acção Social e Educação do município com as juntas de freguesia”, segundo a primeira proposta.

Os vereadores defendem, como segunda medida, “um apoio directo e contínuo às instituições particulares de solidariedade social (IPSS), misericórdias, Bombeiros, GNR, pessoas carenciadas e comunidade de etnia cigana, nomeadamente através do fornecimento de equipamentos de protecção individual”.

“Temos que garantir a continuidade das nossas IPSS, das nossas instituições, das nossas associações e das nossas empresas”, enfatiza o líder concelhio do PSD.

Na sua opinião, é também “fundamental assegurar um apoio concreto às famílias mais carenciadas e a todos os que sejam directamente afectados por consequências desta pandemia, nomeadamente ao nível do emprego”.