Coimbra  15 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra vai lançar concurso público para reabilitar 27 habitações no Bairro de Celas

23 de Julho 2023 Jornal Campeão: Coimbra vai lançar concurso público para reabilitar 27 habitações no Bairro de Celas

A Câmara Municipal de Coimbra (CMC) vota, na segunda-feira (24), o lançamento do concurso público da empreitada de “Bairro de Celas – 3.ª Fase – Reabilitação de 27 Habitações”, no valor de 2,6 milhões de euros (M€).

Desta forma, e com as empreitadas executadas na 1.ª fase e a obra de “Reconstrução de 38 Habitações no Bairro de, da 2.ª fase, em conclusão, completa-se a intervenção na totalidade do Bairro.

A CMC vai avançar com o concurso público para a reabilitação de 27 habitações, de tipologia T2 e T3, do Bairro de Celas, edificado em meados do século passado para realojar os desalojados da Alta de Coimbra no âmbito das demolições realizadas para construção da Cidade Universitária. O processo de reabilitação tem como objectivo intervir nas habitações municipais existentes, para que cumpram os requisitos legais de habitabilidade.

Esta empreitada corresponde a uma 3.ª fase de reabilitação das habitações do Bairro, a qual, em conjunto com as empreitadas executadas na 1.ª fase e com a empreitada de “Reconstrução de 38 Habitações no Bairro de Celas” executada na 2.ª fase, em conclusão/encerramento, vai permitir reabilitar a totalidade das 100 moradias originais do Bairro e construir ainda uma nova moradia num lote actualmente ocupado por construções desqualificadas e não legalizadas.

Depois de aprovado o lançamento do concurso público para a empreitada “Bairro de Celas – 3.ª Fase – Reabilitação de 27 Habitações”, no valor de 3,3M€ (IVA incluído), e consignados os trabalhos, a obra irá decorrer num prazo de 480 dias, em duas fases. De acordo com o teor da informação dos serviços municipais que sustenta a proposta, cada uma das fases terá uma duração máxima de 240 dias. Na primeira fase vão ser recuperadas 15 habitações e, na segunda fase, as restantes 12.

De acordo com a estimativa orçamental, o valor total da empreitada será cerca de 2,8M€, dividido pelos próximos dois anos.

A vereadora com o pelouro da Habitação, Ana Cortez Vaz, destaca “a importância de se continuar a apostar na reabilitação das habitações sociais em Coimbra, tendo em vista melhorar as condições de habitabilidade das mesmas, trazendo, desta forma, dignidade ao parque habitacional municipal”.