Coimbra  28 de Outubro de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra recorda Miguel Torga nos 25 anos da morte do escritor

15 de Janeiro 2020 Jornal Campeão: Coimbra recorda Miguel Torga nos 25 anos da morte do escritor

A Câmara de Coimbra vai assinalar os 25 anos da morte do escritor Miguel Torga, a partir de sexta-feira, com várias iniciativas que incluem declamação de poesia, visitas guiadas, uma exposição e sessão evocativa.

Na sexta-feira, dia em que passam 25 anos da morte do escritor, o programa inclui, a partir das 17h00, na Casa-Museu Miguel Torga, a inauguração da exposição “Miguel Torga e José Régio na relação com a [revista] Presença”, uma sessão evocativa, e a apresentação do Livro de Escrita “Quem quiser conhecer-me, leia-me”.

O mesmo espaço acolhe, de seguida, uma conferência com as intervenções de Guilherme d’Oliveira Martins, antigo presidente do Centro Nacional de Cultura, e do professor António Pedro Pita e, às 18h30, o recital “declAMAR Poesia” que, segundo a autarquia, é “dinamizado por um colectivo de cinco leitores (…) que dedicam esta sessão exclusivamente ao poeta transmontano”, nascido em 1907, em São Martinho de Anta, distrito de Vila Real.

O programa de homenagem tem por objectivo “recordar a vida e a obra do médico e poeta Adolfo Correia da Rocha, conhecido pelo pseudónimo Miguel Torga, um dos maiores escritores da literatura portuguesa, que elegeu Coimbra para viver”, assinala a Câmara Municipal.

Inclui, no mesmo dia, entre as 14h00 e as 20h00, diversas sessões de declamação de poesia de Miguel Torga, a cargo do grupo de teatro Bonifrates, no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Coimbra, dirigidas a pacientes internados e às suas famílias, iniciativa que se repete a 04 de Fevereiro.

Ainda na sexta-feira, 17 de Janeiro (data da morte do escritor, em 1995, aos 87 anos), realiza-se o “Roteiro Torga”, que prevê a visita guiada a espaços associados ao percurso estudantil, intelectual e profissional de Miguel Torga e à Casa-Museu Miguel Torga, proposta gratuita que se repete no sábado e em 25 de Janeiro.

Ainda na sexta-feira, a sucessão de evocações termina com o concerto “Viagem a um Reino Maravilhoso”, pelo grupo Lavoisier, às 22h00, no Salão Brazil.

A homenagem ao médico, poeta e escritor inclui também três sessões de cinema, com entrada livre, na Casa-Museu Miguel Torga, em colaboração com o Fila K Cineclube: no sábado, às 18h00 será exibido o documentário “Eu, Miguel Torga”, realizado por João Roque, enquanto no dia 25 de Janeiro será a vez de “A Terra Antes do Céu”, de João Botelho, um encontro de artistas, reunidos para celebrar a genialidade de Miguel Torga, e “Bichos”, documentário da série “Grandes Livros”, produzido pela Companhia das Ideias.