Coimbra  20 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Plural entregou donativos a duas instituições sociais

20 de Dezembro 2018

Ana Filipa, Maria da Luz Sequeira, Miguel Silvestre, Manuel Viegas de Abreu e João Pedro Leitão

 

A Plataforma Saúde em Diálogo e a ReCriar Caminhos foram as duas instituições que receberam, hoje, donativos, no valor de alguns milhares de euros, atribuídos pela cooperativa farmacêutica Plural, de Coimbra.

“Trata-se de reconhecer as necessidades destas instituições ligadas às ciências da vida e de contribuir para as suas actividades, sendo mais importante a atitude do que especificar o valor monetário”, referiu o presidente do Conselho de Administração da Plural, Miguel Silvestre.

Uma das contempladas é a ReCriar Caminhos, com sede em Coimbra e 10 anos de existência, uma associação de apoio ao desenvolvimento vocacional, formação e inclusão de pessoas com esquizofrenia.

Segundo Manuel Viegas de Abreu, professor da Faculdade de Psicologia e Ciência da Educação e presidente da Assembleia Geral da ReCriar, depois dos cuidados farmacológicos os doentes “precisam de uma estrutura de apoio para não caírem no isolamento, sendo necessária a reabilitação psico-social”.

A associação tem lutado contra o “estigma social” e, em Coimbra, tem um grupo de teatro terapêutico e também apoia a expressão através da arte plástica, sendo um dos objectivos a criação do Museu da Imagem Inconsciente.

A Plataforma Saúde em Diálogo, com sede em Lisboa, tem uma actividade ao longo de 20 anos e conta com 52 membros, entre os quais se contam associações ligadas às doenças crónicas (26), a promotores de saúde, profissionais e consumidores.

A presidente da Direcção, Maria da Luz Sequeira, referiu que os fundos recolhidos pela Plataforma são distribuídos, mediante candidaturas, pelas associações que a constituem, podendo neste caso também apoiar um centro de acolhimento da Saúde em Diálogo, em Lisboa, existindo também já espaços de apoio no Porto e em Faro.

A Plataforma tem promovido o estatuto e a definição da doença crónica, a divulgação dos direitos e deveres dos doentes, a sensibilização para a importância da prevenção e diagnóstico precoce e pela afirmação do estatuto do cuidador informal.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com