Coimbra  22 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Pena suspensa para autor de cena de tiros

6 de Maio 2019

O autor de uma cena de tiros, ocorrida, há quatro anos e meio, em Coimbra, foi condenado, hoje, a dois anos de cadeia e houve lugar a suspensão da execução da pena.

Um colectivo de juízes entendeu punir João Paulo, que tinha 24 anos de idade em 2014, devido a ofensa à integridade física qualificada e por ser portador de arma proibida, embora ao arguido haja sido deduzida pelo Ministério Público acusação inerente a alegada tentativa de homicídio.

Pode haver lugar à suspensão da execução de uma pena de prisão se ela não exceder cinco anos, caso o Tribunal entenda que a medida é susceptível de ser encarada pelo(a) arguido(a) como uma advertência capaz de lhe fazer arrepiar caminho.

A integração familiar, social e profissional do arguido, residente em França, foi tomada em consideração pelos magistrados judiciais.

Segundo apurou o “Campeão”, o tresloucado acto, que consistiu em vários disparos, ocorreu numa ocasião em que João Paulo se deslocara de Aveiro a Coimbra, na companhia de dois amigos, para festejar a obtenção de carta de condução.

Piropos presumivelmente dirigidos pelo indivíduo a três raparigas, que acompanhavam outro rapaz, precipitaram uma altercação, que descambou em cena de tiros, a ponto de Nuno Miguel ter sido atingido num pé.

Antes de João Paulo haver feito uso de uma pistola, o ofendido, Nuno Miguel, terá empunhado uma garrafa de vidro para exprimir a sua indignação face aos alegados piropos.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com