Coimbra  27 de Janeiro de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Obras alteram trânsito nas ruas João Machado e Manuel Rodrigues

27 de Novembro 2021 Jornal Campeão: Coimbra: Obras alteram trânsito nas ruas João Machado e Manuel Rodrigues

Depois de concluída a primeira fase, com a requalificação das ruas Manuel Rodrigues e Rosa Falcão praticamente terminada, o trânsito vai voltar a ser alterado na Baixa de Coimbra a partir de segunda-feira, dia 29.

Com o avanço da segunda fase da obra, parte da rua João Machado vai ficar cortada à circulação automóvel, as paragens de transportes públicos vão passar para a rua Manuel Rodrigues, onde o sentido de trânsito vai ser invertido para permitir o acesso da rua da Sofia ao Arnado.

Esta obra representa um investimento global da Câmara Municipal (CM) de Coimbra superior a um milhão de euros e visa melhorar a mobilidade pedonal e rodoviária, remodelar as infraestruturas do subsolo e a iluminação pública.

A CM de Coimbra vai dar seguimento à requalificação de vias próximas da rua da Sofia, na Baixa da cidade, que está em curso desde Março e contempla a requalificação do espaço público, nomeadamente no que diz respeito à mobilidade pedonal e condições de circulação. A empreitada nas ruas Manuel Rodrigues e Rosa Falcão está concluída e vai avançar para a segunda fase, que prevê a requalificação da rua João Machado.

Esta segunda fase da obra vai implicar alterações ao trânsito a partir da próxima segunda-feira, dia 29 de Novembro, e tem a duração prevista de nove semanas. Assim, será cortada a circulação automóvel no troço da rua João Machado, entre a rua da Sofia e a rua Rosa Falcão, mantendo-se a ligação à rua João Machado com acesso pela rua Rosa Falcão, para ligação à Avenida Fernão Magalhães.

As paragens de autocarro localizadas na rua João Machado serão relocalizadas na rua Manuel Rodrigues, onde será invertido o sentido de trânsito, para permitir o acesso da rua da Sofia à Praça do Arnado.

Esta empreitada municipal visa melhorar a mobilidade pedonal e as condições de circulação, estando previsto, para isso, o recurso à aplicação de materiais mais adequados na pavimentação dos espaços. O betuminoso está a dar lugar a lajeado de granito para potenciar uma redução da velocidade de circulação dos automóveis, aumentando assim também a segurança dos peões. Nos passeios está a ser aplicada calçadinha de calcário em substituição da calçada grossa existente, o que trará uma sensação muito maior de conforto e garantirá uma maior regularidade nos pavimentos pedonais.

A estética foi também uma das preocupações do projecto, uma vez que estas vias estão muito próximas da rua da Sofia, classificada como Património Mundial da UNESCO. Assim, vai ser dada continuidade aos pavimentos pedonais da Sofia onde existe calçadinha pequena branca e preta com estereotomia de linhas paralelas e perpendiculares. Executando esta continuidade, “a sensação de harmonia urbana sairá prolongada e enriquecida”, explicou o arquitecto municipal José Martins, no dia 05 de Março, em que ocorreu a consignação da obra.

As infraestruturas do subsolo estão também a ser remodeladas, designadamente de distribuição de água e de drenagem de águas residuais domésticas e pluviais, bem como infraestruturas eléctricas, de iluminação pública e de telecomunicações.