Coimbra  15 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: “Mercado de trocas”, sábado, para crianças e jovens

16 de Novembro 2018

Carlos Pinto, João Francisco (presidente da Junta da UFC) e Filipa Alves

 

Um “Mercado de trocas” aberto a crianças e jovens vai decorrer em Coimbra (Mercado do Calhabé), na manhã de sábado (17), devendo os frequentadores levar, pelo menos, um brinquedo.

A 24ª. edição de uma iniciativa da associação cultural Casa da Esquina, que age em parceria com um grupo de estudos sobre economia solidária (EcoSol), conta com o apoio da União de Freguesias de Coimbra (UFC).

Assente no desejo de fazer pedagogia, o evento visa articular uma vertente da economia solidária com a descoberta de mais um espaço da cidade e o fomento da ecologia, assinala Filipa Alves.

Trata-se de uma oportunidade para crianças e jovens trocarem o que já não querem por aquilo de que precisam (brinquedos, livros, cromos, roupa, etc.).

Segundo a Casa da Esquina, tem havido perto de uma centena de participantes por edição, procedendo-se à sensibilização dos frequentadores para o funcionamento da economia, a importância da reutilização e o alcance da troca.

Por cada brinquedo, por exemplo, o(a) portador(a) recebe 10 “jardins” (a “moeda” inerente ao evento) e fica apto(a) a fazer compras.

Ao apoiar a realização da 24ª. edição da iniciativa, a Junta da UFC procura “fazer caminho no sentido da revitalização” do Mercado do Calhabé (adjacente à rua do Brasil).

Segundo João Francisco Campos, presidente da Junta da União de Freguesias de Coimbra, muita gente conhece o Mercado do Calhabé, “mas crê estar fechado”. “A revitalização”, conclui o autarca, constitui “um desafio” para a UFC.

A par das crianças e jovens, os parentes que os acompanhem são brindados com castanhas assadas.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com