Coimbra  8 de Abril de 2020 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Jaime Ramos quer candidatura a capital europeia da cultura

22 de Maio 2017

Jaime Ramos preconizou, hoje, a candidatura de Coimbra no sentido de, dentro de 10 anos, poder ser “Capital Europeia da Cultura”.

Em frente ao Centro de Convenções e Espaço Cultural (convento de S. Francisco), o candidato do PSD à presidência da Câmara conimbricense divulgou uma carta-compromisso e o teor de desafios dirigidos aos demais candidatos e ao ministro da Cultura.

Para o médico, a hipótese de Coimbra ascender ao patamar de “Capital Europeia da Cultura” deve ter subjacente uma “plataforma de entendimento” entre todas as candidaturas autárquicas.

Neste contexto, o potencial líder do Município fez a apologia de uma convergência entre as forças vivas do concelho e preconizou a classificação do “Fado de Coimbra” como Património Imaterial da Humanidade.

Ao opinar que Coimbra é “a mais relevante das cidades”, em termos culturais, depois das duas principais do país, Jaime Ramos fez notar que Lisboa, Porto e Guimarães já possuíram o referido estatuto de capital europeia.

“A consideração de Coimbra como ‘Capital Europeia da Cultura’ vai permitir dar coerência à estratégia a um conjunto de intervenções e qualificação urbana (do ponto de vista material e imaterial)”, afirmou o médico, em conferência de Imprensa.

Para alcançar o desiderato, segundo o aspirante a sucessor de Manuel Machado, Coimbra precisa de “deixar o sonambulismo que tem pautado a governação” do Município.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com