Coimbra  24 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Jaime Ramos acena com “projecto para o desenvolvimento”

6 de Fevereiro 2017

Um projecto de “unidade estratégica para o desenvolvimento” é uma das traves-mestras da candidatura de Jaime Ramos à presidência da Câmara Municipal de Coimbra, declarou o médico ao “Campeão”.

Segundo ele, trata-se de um projecto para “crescimento e aumento do emprego, assente na participação de todos os «actores» locais e regionais”.

Em depoimento, prestado a pedido do nosso Jornal, Jaime Ramos confirma disponibilidade para se candidatar, aguardando que “os partidos disponíveis” para o apoiarem decidam de acordo com os respectivos estatutos e a vontade dos seus militantes.

“A minha candidatura, a concretizar- se, assentará numa lógica de independência pessoal e partidária”, assinala.

Ex-governador civil de Coimbra, Ramos promete uma candidatura “dialogante e cooperante com todas as forças políticas” que venham a ter representação na CMC.

“Respeito todos os autarcas que têm dado o seu melhor por Coimbra, incluindo o actual presidente, Manuel Machado, o seu antecessor, Carlos Encarnação, e os vereadores da oposição (Francisco Queirós, do PCP, e José Augusto Ferreira da Silva, de Cidadãos por Coimbra), sem esquecer a dedicação desinteressada de João Barbosa de Melo e dos restantes vereadores do PSD”, acentua.

Prestes a perfilar-se para a liderança da CMC, Jaime Ramos diz que a sua candidatura assentará em “ideias e propostas para o futuro de Coimbra, com respeito pelo passado próximo e longínquo”.

“Entendo que Coimbra deve ser o motor do desenvolvimento sustentado da região, através do diálogo com as instituições do Estado e com as outras autarquias”, conclui.

A indigitação de Jaime Ramos como candidato do PSD à presidência da Câmara de Coimbra foi ratificada, no mais recente fim-de-semana, por um plenário de militantes social-democratas bastante frequentado.

A candidatura também vai ser patrocinada pelo CDS/PP, devendo caber a Teresa Anjinho, anterior secretária de Estado da Justiça, perfilar-se para a presidência da Assembleia Municipal de Coimbra.

Outrora presidente da Câmara de Miranda do Corvo, o médico e timoneiro da Fundação ADFP foi deputado à Assembleia da República, dirigente de organismos sob a alçada do Ministério da Saúde e governador civil de Coimbra.

O antigo autarca mirandense esteve na iminência de haver sido, em 2001, o candidato social-democrata à liderança do Município conimbricense, ocasião em que teria como opositor Manuel Machado (PS), que volta a perfilar-se para ser reconduzido no cargo.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com