Coimbra  18 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra iParque espera ultrapassar os mil postos de trabalho

31 de Março 2022 Jornal Campeão: Coimbra iParque espera ultrapassar os mil postos de trabalho

O Coimbra iParque espera ultrapassar em 2024 os mil trabalhadores nas várias empresas instaladas ou que se vão instalar naquele parque tecnológico, anunciou o presidente do Conselho de Administração da estrutura.

“Talvez para o final de 2023 ou início de 2024 [com a concretização de novos investimentos], o parque possa disparar para mais de mil trabalhadores”, afirmou o presidente do Coimbra iParque, Victor Baptista, que falava, esta quinta-feira, após a assinatura do contrato de infraestruturação para a expansão do parque, com a criação de sete novos lotes.

Segundo o responsável, o iParque terá, no final deste semestre, mais de 800 pessoas a trabalhar nas empresas ali instaladas, devido à conclusão de vários investimentos, entre os quais a criação do principal centro de reparações da Olympus da Europa, Médio Oriente e África, que deverá estar concluído no final de Maio.

A meta dos mais de mil trabalhadores pressupõe a concretização de investimentos já reservados para três dos novos lotes que agora serão infraestruturados nesta empreitada de expansão do parque tecnológico, esclareceu.

“Já temos reservas em três lotes, dois dos quais esperamos celebrar contratos nos próximos dias e um outro lote irá permitir que o iParque possa construir o edifício Nikola Tesla para servir de incubação de empresas”, salientou Victor Baptista, referindo que as reservas dizem respeito a empresas portuguesas de base tecnológica (uma delas com capital alemão).

De acordo com Victor Baptista, a empreitada de infraestruturação, que representa um investimento de 1,7 milhões de euros com apoio de fundos comunitários, deverá estar concluída, “numa circunstância normal, ainda este ano ou o mais tardar no primeiro trimestre de 2022”.

O presidente da Câmara de Coimbra, José Manuel Silva, também presente na cerimónia, salientou a importância de se instalarem novas empresas no iParque, de forma a garantir a autossustentabilidade daquele projecto.

“Coimbra precisa de um iParque cheio de empresas e com milhares de trabalhadores. Será um pólo importante para o desenvolvimento da cidade de Coimbra” – frisou, referindo que é também necessário melhorar a presença dos transportes públicos naquele Parque.

De acordo com o autarca, a Câmara de Coimbra alterou a sua postura face às empresas, com uma resposta mais rápida e eficaz às propostas e necessidades dos empresários.

“Coimbra volta a ser olhada como pólo de destino e procura de empresários nacionais e internacionais que aqui equacionam fazer os seus investimentos”, frisou José Manuel Silva.

A cerimónia ficou também marcada pela atribuição do nome do médico e professor Agostinho Almeida Santos ao auditório do edifício Leonardo da Vinci, no iParque, num evento que contou com a presença, na plateia, do anterior presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado.