Coimbra  26 de Janeiro de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Igreja de Santa Cruz acolhe “Domingo Jubilar”

5 de Dezembro 2020 Jornal Campeão: Coimbra: Igreja de Santa Cruz acolhe “Domingo Jubilar”

Na tarde de domingo (dia 06), a Igreja do Mosteiro de Santa Cruz acolhe a celebração de mais um “Domingo Jubilar”, integrado no Jubileu de Santo António e dos Mártires de Marrocos, que a cidade de Coimbra celebra ao longo deste ano.

A partir das 15h00 será possível visitar a exposição “De Fernão se fez António”, na Antiga Livraria do Mosteiro de Santa Cruz, que decorre de uma parceria entre os Museus Nacionais Machado de Castro e de Arte Antiga, com a comissão organizadora do Jubileu 2020.

Pelas 17h00 terá lugar um Concerto de Advento no órgão de tubos histórico da Igreja do Mosteiro de Santa Cruz, pelo organista João Guerra.

O programa deste “Domingo Jjubilar” encerra às 18h00, com a Eucaristia presidida pelo Bispo de Coimbra, D. Virgílio do Nascimento Antunes. Nesta celebração, três Irmãs da Fraternidade dos Pobres de Jesus Cristo irão renovar os seus votos temporários. A celebração será transmitida nas redes sociais do Jubileu 2020.

Recorde-se que, por solicitação do Bispo de Coimbra, o Papa Francisco convocou um Jubileu – ou Ano Santo – para a Diocese de Coimbra, durante o ano de 2020.

A razão por detrás deste marco significativo é o facto de neste ano se celebrarem os 800 anos do martírio dos primeiros frades que São Francisco de Assis enviou em missão para Marrocos, e cujas relíquias repousam em Coimbra.

O exemplo destes franciscanos influenciou de forma decisiva o jovem padre Fernando de Bulhões, que decidiu deixar o Mosteiro de Santa Cruz e tornar-se franciscano em Santo António dos Olivais, tomando o nome de António.