Coimbra  17 de Junho de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Hospital da Luz com ressonância magnética de corpo inteiro

21 de Fevereiro 2019

O Hospital da Luz Coimbra (HLC) anunciou, hoje, que já realiza exames de Ressonância Magnética (RM) de corpo inteiro, cujas aplicações clínicas são sobretudo do foro oncológico.

Graças à sua diferenciação tecnológica, o equipamento de RM de 3 Tesla executa exames mais diferenciados e completos”, adianta o HLC.

Através de sequências anatómicas e funcionais, a RM de corpo inteiro permite obter informações adicionais para a avaliação do estadiamento oncológico global. Este exame permite, assim, aumentar a sensibilidade para a detecção precoce de lesões em todos os sistemas anatómicos, possibilitando de igual forma a monitorização da resposta terapêutica.

A realização da RM de corpo inteiro está indicada para todos os tipos de tumores que metastizem para o osso (mama, pulmão, próstata, entre outros), linfoma (mieloma múltiplo), a que acresce a informação sobre o status de metastização visceral e ganglionar.

Segundo o director clínico do Hospital da Luz Coimbra, Filipe Caseiro Alves, “a oferta de exames de RM de corpo inteiro ocupa, entre outros, um espaço muito importante no diagnóstico e seguimento dos pacientes do foro oncológico. É sem dúvida um passo seguro para a oferta de uma medicina mais personalizada”.

A RM de corpo inteiro, existente em poucas unidades hospitalares a nível nacional, permite, ainda, fazer a comparação da carga tumoral após terapêutica oncológica sem necessidade de intervalo de dois a três meses, como sucede actualmente com o exame de PET/TC.

Para Pedro Beja Afonso, administrador do HLC, “a disponibilização da RM de corpo inteiro manifesta o compromisso com a inovação e com a boa medicina, assente em equipas de profissionais de saúde altamente diferenciadas e em tecnologia de ponta”.

Créditos da Foto: Siemens Healthineers

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com