Coimbra  25 de Abril de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Exposição de fotografia “Missões Solidárias” na Casa da Mutualidade

5 de Janeiro 2023 Jornal Campeão: Coimbra: Exposição de fotografia “Missões Solidárias” na Casa da Mutualidade

A Previdência Portuguesa inaugura na sexta-feira (dia 6) a exposição de fotografia “Missões Solidárias”, às 17h30, na Casa da Mutualidade – Galeria de Arte, sita na Rua Dr. Manuel Rodrigues, em Coimbra.

A exposição de fotografia “Missões Solidárias”, comemorativa do 16.º aniversário da Maxivisão, uma óptica situada em Penacova, é uma viagem que reflecte o trabalho solidário em São Tomé, Peru, Cabo Verde e Macedónia do Norte, com crianças, jovens e adultos, comunidades locais que sentem, no seu dia-a-dia, o reflexo deste trabalho na melhoria sua qualidade de vida.

Faz parte desta exposição a “Caixa Solidária”, onde os visitantes podem doar as armações novas ou usadas em bom estado de conservação. Esta recolha será usada nas duas próximas missões de 2023, ao Quénia, em Março, e a Marrocos (em data ainda a definir).

Até hoje, a Maxivisão, em quatro missões solidárias, entregou 90 óculos graduados, mudando a vida a 90 pessoas que não teriam nenhuma hipótese de os adquirir.

Durante dois meses do ano, a Maxivisão tem uma campanha de recolha de armações em que na compra de uma nova atribuem um valor à armação antiga (cerca de 60 euros) e recolhem-na. As que não são aproveitadas serão recicladas, contribuindo assim para a diminuição da pegada ecológica, que é valorizada na empresa. Cerca de metade do seu stock já é composto por armações amigas do ambiente, tendo sido também uma empresa pioneira na venda deste tipo de produto em Portugal.

A Maxivisão nasceu há 17 anos com a missão de tentar melhorar a qualidade de visão a todos os que a visitam. Tem sido um caminho longo e com altos e baixos, no entanto o gosto por viajar e o sonho de fazer missões solidárias dos seus CEO começou a ser concretizado após terem percorrido 71 países.

Em 2019 entregaram 32 óculos graduados em São Tomé e Príncipe, tudo suportado pela Maxivisão. O processo passa por ter uma pessoa de confiança no terreno, que leve as crianças, jovens ou adultos a fazer as consultas de oftalmologia, e depois, com a fotografia da pessoa, as medidas da cara e a receita, a Maxivisão trata do resto. A escolha da armação para cada pessoa, a encomendas, montagem das lentes e a entrega em mãos a cada um é feita pela Maxivisão. Cada pessoa possui uma graduação própria, por isso os óculos usados com as lentes graduadas, dificilmente servirão para outro.

O trabalho não termina no dia que entregam os óculos, pois têm o cuidado de tentar perceber como estão as pessoas e tentam arranjar padrinhos para dar continuidade a futuras alterações visuais.

Em Março de 2020 foram ao Peru e em Cusco entregaram 12 óculos graduados. De salientar que todos tinham graduações acima de 2 dioptrias, tendo sido a entrega máxima de -18 dioptrias.

Em 2021 entregaram 26 óculos em Cabo Verde, na ilha de São Vicente e ilha Santo Antão. A 4.ª missão foi em 2022, na Macedónia do Norte, onde entregaram 20 óculos, inclusive óculos de sol tendo em conta a proteção UV adequada.