Coimbra  19 de Setembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Empresários sublinham valorização da marca Portugal

16 de Maio 2019

Eduardo Mouta, Joselito Lucas, António Monteiro e Luís Santos

 

A marca Portugal está hoje muito valorizada, conforme defenderam os empresários presentes no Link Lab Coimbra, uma iniciativa da Associação Empresarial de Portugal, Câmara de Comércio e Indústria com o envolvimento da Deloitte Portugal.

O evento fez a sua estreia na zona Centro, em Coimbra, num auditório do Instituto Pedro Nunes (IPN), com a presença de empresas e instituições e que no Link Lab debateram a inovação, a economia digital e o investimento, procurando promover o ‘networking’ e a cooperação para a promoção dos negócios e da economia.

Cláudia Guterres, gestora do AEP Link, abriu o evento com a apresentação do projecto e dos eventos Link Lab que percorrem o Norte, o Centro e o Alentejo. Pedro Janeiro, economista da Deloitte, salientou junto dos empresários a importância do preenchimento do questionário/diagnóstico que pretende auscultar as suas necessidades, constrangimentos e objectivos, de forma a que o programa possa dar uma resposta efectiva aos desafios das empresas. É muito importante que as empresas possam crescer para, com este crescimento, promover a economia do país.

O Dashboard Interativo do AEP Link foi a ferramenta apresentada por Gonçalo Azevedo Silva, e contém os indicadores mais relevantes para as empresas ao nível da economia regional, performance empresarial, investimento e recursos humanos. Esta plataforma é dinâmica e permanentemente actualizada, quer com dados nacionais fornecidos pelo Instituto Nacional de Estatística, quer com os dados dos questionários preenchidos pelos empresários no âmbito do AEP Link.

Júlio Boga, da Deloitte, apresentou o portal AEP Link e a forma como cada empresário pode registar-se para ter acesso às oportunidades de negócio registadas nesta plataforma, e para publicar as oportunidades que oferece ou procura, tentando assim captar parceiros de negócio, de acordo com as suas necessidades ou objectivos.

Luís Santos, jornalista do “Campeão das Províncias”, moderou o primeiro painel, dedicado à Inovação, com a presença de Joselito Lucas, director comercial da Lugrade, António Monteiro, director executivo da Nutriva, e Eduardo Mouta, agente exclusivo Crédito & Caución.

O moderador falou da recuperação do país depois da intervenção da União Europeia, lançando o desafio aos oradores para falarem sobre a necessidade de incrementar o nível salarial em Portugal. António Monteiro referiu que os empresários portugueses têm sabido afirmar-se em vários sectores, ajustando-se aos mercados e às suas necessidades.

Joselito Lucas defendeu que a inovação tem sido a alavanca para muitas empresas, quer no produto quer nos processos produtivos, muitas vezes com forte aposta na tecnologia. O gestor apresentou um equipamento que desenvolveram há cerca de um ano, um “simples” aparelho que serve para ajudar a encontrar o ponto certo para demolhar o bacalhau, e falou igualmente de uma outra área, a inovação familiar: a família tem várias empresas que abrangem várias áreas da alimentação, pão, bacalhau e vinho, e têm estratégias conjuntas para por exemplo, explorar os mercados externos com a presença em feiras. Eduardo Mouta falou na inovação pela diferenciação e o apoio que a Crédito & Caución pode dar às empresas que querem inovar e promover o seu negócio.

O apoio do crédito

O recurso ao crédito é um factor importante para as empresas que querem crescer, lançou Luís Santos, com António Monteiro a defender que era importante que as instituições de crédito fossem ao mercado conhecer as empresas, ver exactamente o que estas querem fazer com o dinheiro, conhecer a sua realidade.

Na Lugrave, explicou Joselito Lucas, o factor mais importante é apresentar projectos que sejam sustentáveis e credíveis, mas reconhece que o acesso é cada vez mais difícil, porque a banca tem regras mais apertadas e isso tem afectado os clientes da empresa, que tem, por consequência, que conceder mais crédito.

Eduardo Mouta explicou que, na sua opinião, a banca também se tem adaptado às necessidades do mercado, nomeadamente através da utilização dos seguros de crédito como garantia bancária.

A Nutriva tem actualmente parcerias com universidades para projectos de inovação de produto, nomeadamente para a qualidade alimentar, a redução do sal e do açúcar, por exemplo, para a criação e desenvolvimento de produtos que possam chegar a novos e variados mercados. Há ainda algum trabalho a fazer por parte da administração central, para desburocratizar os processos e adaptá-los às reais necessidades das empresas, alertou Joselito Lucas, o que não acontece em muitos outros países: são pequenas “areias” que muitas vezes prejudicam o célere avanço dos projectos.

Agostinho Franklin, director do Diário As Beiras, apresentou o painel Economia Digital, em que interveio Carla Ribeiro, gestora da categoria de serviços da Navigator, Miguel Ribeiro, director jurídico dos SMTUC (Serviços Municipalizados de Transportes Urbanos de Coimbra), Tiago Vieira, IMS & WPH Manager da Konica Minolta, e Pedro Costa, presidente da Coimbra Business School do ISCAC.

Dinamizado pela Iberinform e moderado por João Luís Campos, director-adjunto do Diário de Coimbra, o painel de investimento contou com José Pissarra, coordenador nacional de vendas e gestão de clientes da Iberinform, António Henriques, diretor executivo do Grupo CH Consulting, Manuel Felix, managing director da Euro Tyre, e Jorge Martins, diretor executivo da Euromadeira.

O AEP Link

O projecto nacional AEP Link visa melhorar a dinâmica do ecossistema empresarial, desenvolver e aprofundar a colaboração entre PME e outros ‘stakeholders’ que, com a partilha de ‘know-how’ e influência, poderão beneficiar mutuamente, identificar, potenciar e concretizar novas oportunidades de negócio e parceria.

Pretende desenvolver uma plataforma para facilitar o desenvolvimento de negócio nas PME portuguesas, uma rede nacional de colaboração para acelerar a identificação de parceiros para a promoção de actividades de inovação, para apoiar a inserção das PME na economia digital e captar investimento.

O projecto envolve 1 200 PME, 22 associações empresariais, 12 comunidades intermunicipais, oito instituições de ensino superior.

O roadshow AEP Link, composto por 12 eventos públicos, iniciou-se em Abril e decorre até Outubro e passa por Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Famalicão, Maia, Coimbra, Leiria, Beja, Castelo Branco, Viseu, Évora e Aveiro.

O projecto AEP Link (POCI-02-0853-FEDER-036026) é promovido pela AEP – Associação Empresarial de Portugal, Câmara de Comércio e Indústria, com o envolvimento da Deloitte Portugal e o apoio da Konica Minolta, Crédito y Caución e Iberinform. É cofinanciado pelo Compete 2020, pelo Portugal 2020 e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER).

 

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com