Coimbra  20 de Outubro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra elege nove deputados com 21 forças políticas à escolha

6 de Outubro 2019

As eleições legislativas realizam-se hoje e o círculo de Coimbra tem 380 064 eleitores que têm o boletim de voto mais longo, com as 21 forças políticas que concorrem, apenas à semelhança de Braga, Leiria, Porto e Europa.

A população do distrito de Coimbra ultrapassa os 406 000 residentes, estando actualmente atribuídos nove deputados a este círculo eleitoral, que perdeu 10 883 eleitores em relação a idêntico sufrágio de 2015, há quatro anos. Entre as eleições legislativas de 2011 e as de 2015, o distrito (que corresponde ao círculo eleitoral) de Coimbra tinha apenas perdido 4 284 eleitores.

São 21 as forças políticas que vão hoje a votos, quatro delas novas. Há apenas uma coligação, a Coligação Democrática Unitária (CDU), que junta PCP e PEV e independentes. Os partidos políticos são: PSD, PS, BE, CDS-PP, CDU, PAN, Aliança, Chega, Iniciativa Liberal, PNR, PDR, PCTP-MRPP, PPM, PTP, Livre, RIR, MPT, PURP, Nós, Cidadãos!, MAS, JPP.

Até 2009, durante quase 20 anos, o círculo de Coimbra foi representado na Assembleia da República por 10 deputados, distribuídos entre PS e PSD, após a CDU – coligação liderada pelo PCP que sucedeu à Aliança Povo Unido (APU) – ter perdido o mandato que manteve em sucessivas legislaturas, quando Coimbra elegia 11 deputados.

O Bloco de Esquerda teve pela primeira vez um deputado por Coimbra há 10 anos, ao eleger o professor universitário José Manuel Pureza, que em 2015 voltou ao Parlamento, pelo mesmo círculo eleitoral.

Em 2009, o CDS-PP recuperou o mandato que teve no passado, com a eleição do médico João Serpa Oliva, mais de duas décadas depois de ter perdido o seu último deputado no distrito, eleito em 1985, Manuel Queiró.

A distribuição dos nove deputados eleitos no círculo nas legislativas de 2015 foi a seguinte: quatro da coligação PPD-PSD/CDS-PP (37,18% de votos), quatro do PS (35,28%) e um do BE (9,89%). Com 7,03% de votos, a CDU, coligação de comunistas e Verdes, não elegeu qualquer parlamentar.

Há quatro anos, a abstenção no distrito de Coimbra foi de 43,68%, quando a nível nacional se quedou nos 43,01%.

O próximo Governo vai ser escolhido por 10,8 milhões de eleitores nas eleições legislativas e os ocupantes dos 230 lugares do Parlamento sairão de um grupo de 4 599 nomes (excluindo suplentes), que se dividem por 21 partidos e 22 círculos eleitorais.

Mais de 56 000 pessoas pediram para votar antecipadamente, no passado domingo, nas eleições legislativas. Lisboa foi o distrito com mais pedidos de voto antecipado em mobilidade (21 600), seguido pelo Porto (9 338) e Coimbra (3 045).

Os eleitores com capacidade eleitoral activa são 10 810 662, dos quais 1 466 754 são eleitores residentes no estrangeiro.

Deste total de mais de 1,4 milhões eleitores que vivem fora de Portugal, 571 164 são residentes fora da Europa e 895 590 estão inscritos como residentes na Europa.

 

Boletim de voto de Coimbra

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com