Coimbra  21 de Maio de 2024 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra celebra 398.º aniversário da canonização Rainha Santa Isabel

23 de Maio 2023 Jornal Campeão: Coimbra celebra 398.º aniversário da canonização Rainha Santa Isabel

Na próxima quinta-feira, dia 25, assinalam-se os 398 anos da canonização de Santa Isabel, princesa de Aragão, rainha de Portugal e padroeira da cidade de Coimbra.

Para comemorar esta data, a Confraria da Rainha Santa Isabel e a Liga dos Amigos da Confraria da Rainha Santa Isabel mandam celebrar às 18h00 do dia 25, na Igreja da Rainha Santa Isabel, missa de acção de graças pela “exemplar vida acontecida de Santa Isabel de Portugal”.

Foi a 25 de Maio de 1625 que o Papa Urbano VIII decreta a canonização da Rainha Santa Isabel, em cerimónia solene ocorrida em Roma.

A notícia foi então recebida em Coimbra com grandiosas manifestações públicas e privadas, promovidas pelo bispo D. João Manuel, pelo cabido, pelas ordens religiosas, numa entusiástica demonstração de vitalidade da devoção que todos consagravam já à nova santa, como bem se patenteia na relação que dessas festas se publicou em Coimbra, logo no ano seguinte.

Além deste volume merece referência especial a intervenção da Universidade, como se pode ver pelo volume Sanctissimae Reginae Elisabethae Poeticum Certamen, publicado em 1626, por iniciativa do reitor D. Francisco de Brito Meneses.

Numa singular simbiose entre a devoção popular e a participação convicta das instituições civis e universitárias de Coimbra, a Santa Rainha continuou sempre e até hoje bem presente na memória e no coração dos portugueses e das gentes desta região do país.

E uma das manifestações mais expressivas dessa presença iria ser, sem dúvida, o “préstito de capelos” à então Igreja de Santa Clara, realizado todos os anos a 21 de Outubro, em cumprimento da deliberação do “claustro pleno da Universidade” reunido em 21 de Março de 1626, deliberação confirmada quase um século depois.

Entretanto, face à progressiva ruína do velho mosteiro devotado a Santa Clara, D. João IV de Portugal “sonhou” e determinou, pelo alvará régio de 12 de Dezembro de 1647, a construção de um novo edifício, de excepcionais dimensões e notável valor artístico, no vizinho Monte da Esperança, monumento hoje conhecido por Mosteiro de Santa Clara-a-Nova, o Santuário da Rainha Santa Isabel.

Neste ano de 2023, em que a Confraria da Rainha Santa Isabel pretende comemorar as datas mais significativas da história da devoção à Rainha Santa Isabel, é considerado importante celebrar este dia de aniversário de 25 de Maio, dia muito significativo para a cronologia da devoção a Santa Isabel de Portugal.