Coimbra  16 de Maio de 2021 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra aprova “Pacto de Cidade” para candidatura a Capital Europeia da Cultura

27 de Março 2021 Jornal Campeão: Coimbra aprova “Pacto de Cidade” para candidatura a Capital Europeia da Cultura

, que se traduz num documento de consenso político e compromisso de todos os partidos políticos representados.

“Este é um desafio para beneficiar a cidade e o país”, disse o presidente da Câmara, Manuel Machado (PS), salientando que a candidatura tem um “espírito de abertura e de congregação”.

Para o autarca, que citou o filósofo português Eduardo Lourenço, “mais importante do que o destino é a viagem”.

“Interessa-nos sobretudo o ‘day after’ (dia seguinte), o que fica desta sementeira, e não apenas um evento efémero”, sublinhou.

O presidente da Câmara frisou que, na comparação com o trabalho feito noutras preparações de candidaturas, “tem existido do lado da equipa de Coimbra uma conduta coerente, diversa, ampla e franca”.

O autarca considera que a aprovação do “Pacto de Cidade” é um “dos elementos fundamentais para o vencimento deste desafio para beneficiar a cidade e o país, num trabalho com espírito de abertura e congregação”.

O documento, elaborado pelo Grupo de Trabalho da candidatura, que é liderado pelo mágico Luís de Matos, depois de ouvidas as entidades e personalidades locais, tinha também sido aprovado, por unanimidade, na reunião do Executivo municipal de segunda-feira.

O mágico Luís de Matos vê nesta aprovação política “um sinal de grande afirmação de Coimbra, que a abrirá ainda mais, e ao longo dos próximos meses, ao país e à Europa, numa caminhada que é, ela própria, uma prova da capacidade e envolvimento de todos dos conimbricenses”.

O grupo responsável pelo processo de candidatura recebeu ainda um voto de louvor, aprovado por unanimidade, pela Assembleia Municipal, pelo trabalho realizado “e de esperança pelo que vai fazer no futuro”.

“A partir de agora, e com a cidade envolvida em uníssono, o caminho está definido para os últimos nove meses de preparação, que culminarão na apresentação do ‘Bid Book’, onde se vão reunir todas as propostas, metas, competências, investimentos e processos que pretendem elevar Coimbra ao estatuto de Capital Europeia da Cultura”, anunciou o Município no final da reunião da Assembleia Municipal.