Coimbra  19 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Câmara apresentou “Urbanismo antes dos planos: Coimbra 1834-1934”

20 de Janeiro 2022 Jornal Campeão: Câmara apresentou “Urbanismo antes dos planos: Coimbra 1834-1934”

A Câmara Municipal de Coimbra apresentou, ontem (19), publicamente a obra “Urbanismo antes dos Planos: Coimbra 1834-1934”, de Margarida Relvão Calmeiro, editado em Outubro do ano passado pela autarquia.

Este é um livro que se propõe a contribuir para a clarificação do que foi o início do planeamento urbanístico em Portugal. Walter Rossa, professor do Departamento de Arquitectura da Universidade de Coimbra, apresentou o livro que surgiu na sequência da tese de doutoramento homónima apresentada à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) no final de 2015 pela autora, e da qual foi orientador.

O título provocatório sublinha a importância das transformações urbanas ocorridas entre a extinção das ordens religiosas pelo regime liberal e o decreto do ministro Duarte Pacheco, que impôs a obrigatoriedade do plano de urbanização.

Neste período, Coimbra foi palco de um conjunto arrojado de planos e de intenções que marcaram a cidade até aos dias de hoje. Produto de uma constante negociação entre a vontade municipal e o poder central, entre as debilidades financeiras e a capacidade técnica, a cidade empreendeu uma transformação radical da sua morfologia urbana, ora dando resposta aos problemas mais urgentes de insalubridade, ora propondo intervenções mais arrojadas de embelezamento e de expansão urbana ou, ainda, introduzindo o progresso e a modernidade dos novos equipamentos e das infraestruturas de água, saneamento, iluminação e transportes.

Margarida Relvão Calmeiro é doutorada em Arquitectura pela Universidade de Coimbra (2015), onde é também professora auxiliar convidada no Departamento de Arquitectura da FCTUC. Leciona unidades curriculares do Mestrado Integrado em Arquitectura da área de Urbanismo e é ainda docente e cocoordenadora do Mestrado em Reabilitação Urbana Integrada no mesmo departamento. Desenvolve investigação na área da teoria e história do urbanismo, com destaque para os processos de construção e transformação das cidades e do território português, com enfoque nas questões da reabilitação urbana, da salvaguarda do património e do desenvolvimento sustentável.