Coimbra  21 de Novembro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra anima-se com as festas da Cidade e da Rainha Santa

30 de Junho 2018

As Festas da Cidade e da Rainha Santa deste ano estão recheadas de concertos, em Coimbra, começando, hoje, com Rodrigo Leão, às 22h00, no Jardim da Sereia, com entrada livre.

Em ano par realizam-se, em Coimbra, as tradicionais procissões da Rainha Santa Isabel, que atraem milhares de pessoas, constituindo o momento com mais esplendor das festividades religiosas das Festas da Cidade. Marcadas pela fé e devoção, as procissões saem à rua na próxima quinta-feira (dia 05 de Julho) e no dia 08 de Julho (domingo).

À semelhança das edições anteriores, os festejos em honra da padroeira, que decorrem até 08 de Julho, voltam a ocupar diferentes espaços do centro da cidade, como o Jardim da Sereia e o Parque Verde do Mondego, as praças do Comércio (também conhecida por praça Velha) e a de 08 de Maio ou o terreiro da Erva, a rua da Sofia ou o Convento de São Francisco.

The Flying Cages e Gisela João actuarão no Jardim da Sereia, nas noites de 01 e 07 de Julho, respectivamente, D.A.M.A e The Gift estarão no Parque Verde do Mondego (noites de 03 e 06 de Julho) e Virgem Suta na praça do Comércio (02 de Julho).

A praça de 08 de Maio será palco da Orquestra de Sopros de Coimbra (04 de Julho, feriado municipal, às 18h00), enquanto a escadaria da Sé Velha será o cenário da Serenata dos Antigos Estudantes da Universidade de Coimbra (07 de Julho, à meia-noite) e o terreiro da Erva acolherá o Baile da Rosa (07 de Julho, às 23h00), recriação de uma antiga festa popular da cidade.

Os espectáculos são de acesso gratuito, embora alguns exijam o levantamento prévio do respectivo bilhete, essencialmente por razões relacionadas com a lotação do espaço onde se realizam, como é o caso, por exemplo, do Convento São Francisco, em cuja antiga igreja terá lugar o concerto da Orquestra Clássica do Centro e João Afonso (04 de Julho, às 18h00).

Fogo-de-artifício em três noites

O programa das Festas que são “um dos mais relevantes eventos da agenda cultural e desportiva da cidade” integra, para além dos concertos, folclore e etnografia, teatro, visitas guiadas, exposições, actividades desportivas e fogo-de-artifício.

O espectáculo de fogo-de-artifício terá três momentos diferentes (dois com a duração de 10 minutos cada um e um com oito minutos), nas noites de 03, 05 e 07 de Julho, no rio Mondego, e em relação ao qual serão adoptadas todas as medida para que decorra com “toda a segurança”, assegura o presidente da Câmara, Manuel Machado.

A estes espectáculos juntam-se a etnografia e o folclore, com iniciativas como a Mostra de Arte e Cultura da Região de Coimbra, a Novena, a Feira e a Serenata Futrica de Homenagem à Rainha Santa ou a Festa do Folclore, a Feira Popular e visitas guiadas com percursos dedicados às tradições académicas, à canção de Coimbra e à heráldica da cidade, entre outras.

As Festas da Cidade e da Rainha Santa, com um orçamento que ultrapassa 300 000 euros, reflectem, na sua programação, “uma vez mais, a preocupação de agregar conteúdos que agradem a todos os públicos”, reunindo, ao mesmo tempo, “as expressões culturais mais contemporâneas e os projectos que preservam a tradição popular”, sustenta a Câmara, entidade promotora da iniciativa, em colaboração com diversas entidades.

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com