Coimbra  25 de Agosto de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra acolhe Cimeira Mundial da Saúde

18 de Abril 2018

Amanhã e sexta-feira (dias 19 e 20), Coimbra será palco da World Health Summit (WHS) Regional Meeting, uma cimeira mundial da Saúde que conta com cerca de 600 participantes e 120 oradores de mais de 40 países.

No sexto encontro regional anual da WHS, o Convento de São Francisco vai acolher mais de 20 ‘workshops’ e quatro sessões plenárias, com especialistas, investigadores, académicos, decisores políticos e outros actores de relevo do sector.

Vão estar em debate temas globais relacionados com a gestão de doenças infecciosas e a governação para a equidade na saúde, nos países de baixo e médio rendimento, assim como as oportunidades e desafios na transição da inovação para os cuidados de saúde e a educação biomédica num mundo em mudança.

A cimeira conta com a participação especial, entre outros, de Marcelo Rebelo de Sousa, presidente da República, António Costa, primeiro-ministro, Isabel de La Mata, conselheira principal para a Saúde e Gestão de Crise na Comissão Europeia, e Detlev Ganten, presidente da World Health Summit.

Renata Gomes, directora de investigação e inovação na secção de veteranos do exército do Reino Unido, Luís Almeida Sampaio, embaixador de Portugal na NATO, Graça Freitas, directora-geral de Saúde, Christoph Benn, do Fundo Global de Combate ao HIV, Tuberculose e Malária, e Mónica Ferro, directora do Fundo de População das Nações Unidas (Genebra), entre outros, são algumas das presenças confirmadas.

As sessões plenárias contam com a participação de oradores do Fundo de População das Nações Unidas, da Organização Mundial de Saúde, da Fundação Bill & Melinda Gates e ministros da Saúde da CPLP – Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Como explica Fernando Regateiro, presidente do Conselho de Administração do CHUC, “a forte representação por parte das nações pertencentes à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) explica-se pelos laços estreitos que ligam Coimbra a cada um deles. Nesta Reunião Regional da Cimeira Mundial de Saúde, pretendemos promover o desenvolvimento conjunto de novas abordagens e estabelecer colaborações frutíferas tanto com os nossos parceiros da CPLP como com os nossos parceiros internacionais”.

Para João Gabriel Silva, reitor da Universidade de Coimbra, “este evento irá além de apenas propor soluções para uma abordagem mais integradora e inclusiva. Nele, convidados especiais, palestrantes, especialistas, participantes, comunicadores sociais e figuras da sociedade civil trabalharão juntos para identificar respostas sustentáveis que também sejam amplamente executáveis. A história mostra que somos capazes de encontrar novos caminhos, unir pessoas, ideias e desenvolver novas alternativas”.

Países de língua portuguesa

É com o objectivo de debater o papel das relações diplomáticas na Saúde global que esta edição da WHS Regional Meeting reúne ministros dos países de língua portuguesa numa sessão plenária que conta com a moderação de Luís Almeida Sampaio, embaixador de Portugal na Nato, com Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, S. Tomé e Príncipe e Timor Leste a estarem representados pelos respectivos ministros da Saúde.

“As relações diplomáticas são hoje a base de um diálogo que se quer sustentável de forma a reunir esforços para encontrar respostas para os actuais e futuros desafios. É este o diálogo que pretendemos estabelecer nesta cimeira regional que reúne países que, apesar da proximidade cultural e histórica que os une, convivem com realidades bem diferentes no que toca a questões como a promoção da equidade social e económica, a vigilância e proteção contra as ameaças globais ou até a gestão de determinantes globais com influência sobre a saúde, como seja as alterações climáticas, o crescimento populacional e a segurança alimentar”, refere Fernando Regateiro, presidente do Conselho de Administração do CHUC.

A World Health Summit Regional Meeting realiza-se, anualmente, desde 2013, e as edições anteriores aconteceram em Singapura, São Paulo, Quioto, Genebra e Montreal. A deste ano decorre em Coimbra, sob organização do Coimbra Health, o consórcio entre a Universidade de Coimbra (UC) e o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com