Coimbra  25 de Maio de 2022 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Código Jun10r chega a 400 alunos do 1.º ciclo de Cantanhede

7 de Abril 2022 Jornal Campeão: Código Jun10r chega a 400 alunos do 1.º ciclo de Cantanhede

O Código Jun10r é um projecto-piloto do Munícipio de Cantanhede e da CIM – Região de Coimbra que visa integrar, numa óptica interdisciplinar, as novas tecnologias de informação no currículo dos alunos do 1.º ciclo. A apresentação pública foi hoje, numa sessão realizada no salão nobre da autarquia cantanhedense, na qual foi feita uma análise prospetiva das acções a empreender e dos objectivos enunciados.

Criado no âmbito do Realiza.te, programa co-financiado da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra que estimula a criação de ambientes inovadores de educação, o Código Jun10r chega no presente ano lectivo a 400 crianças das escolas do 1.º ciclo dos Agrupamentos de Escolas Lima-de-Faria, Cantanhede e Gândara-Mar, Tocha. As sessões de programação, oito por turma, são dinamizadas por monitores que frequentaram a Escola Técnico-Profissional de Cantanhede.

Segundo Pedro Cardoso, vice-presidente da Câmara Municipal de Cantanhede e responsável pelo pelouro da Educação, “o Código Jun10r estimula a aquisição de competências específicas na área das novas tecnologias, numa lógica de equilíbrio entre o conhecimento, a criatividade e o sentido crítico”.

“Os jovens da era digital precisam de aprender as competências do século XXI e este projecto assume-se como mais uma via de acesso à literacia digital”, sublinhou, dando conta que esta constitui uma “grande oportunidade de usar a tecnologia para explorar a criatividade e melhorar o desempenho escolar das crianças”.

Ao estimular o desenvolvimento do pensamento computacional, o Código Jun10r contribui para a alfabetização digital, estimula a criatividade e autonomia das crianças, fomenta o conhecimento interdisciplinar e constrói uma base sólida para os desafios profissionais do futuro. No fundo, observou, “quando a criança desenvolve um pensamento lógico e utiliza as ferramentas certas para resolver problemas, ela consegue repetir o processo e aplicá-lo em qualquer disciplina”.

O autarca reafirmou a intenção do Executivo municipal em afirmar Cantanhede como “um território educativo e formativo de excelência”, capaz de “formar cidadãos qualificados e competentes”, mas também “profissionais empreendedores”.

Presente na sessão de apresentação, que decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, o vice-presidente da CIM Região de Coimbra, Raul Almeida, destacou o carácter inovador do Código Jun10r, que vai ao encontro dos desafios que as escolas actualmente enfrentam. “Trata-se de um projecto importante nas áreas da inovação e tecnologias, fundamentais no futuro das nossas crianças e jovens”, constatou, elogiando a convergência de estratégias no domínio da Educação entre os municípios da região e a Comunidade Intermunicipal.

Jorge Brito, secretário executivo da CIM Região de Coimbra, mostrou-se convicto que “a atitude progressista e inovadora” do Código Jun10r, permitirá aos jovens assimilar “um conjunto de skills fundamentais para o futuro”, indo ao encontro dos princípios estratégicos do Realiza.te.

“É importante tornar as aprendizagens cada vez mais significativas e contextualizadas, desafiando os alunos a desenvolverem competências multidisciplinares, reforçando a confiança nas suas capacidades. O focus na programação é relevante, mas mais importante é centrar o processo nas ideias, na criatividade, na colaboração e na resolução de problemas, assumindo uma perspectiva pedagógica motivadora”, justificou.